Maio: Presidente da Associação Regional de Futebol faz balanço “extremamente positivo” da época futebolística 2022

Porto Inglês, 04 (Inforpress) – O presidente da Associação Regional de Futebol, Manuel Oliveira, fez hoje um balanço “extremamente positivo” da época futebolística na ilha e anuncia apoio a nível de materiais informáticos aos clubes inscritos este ano na prova.

Manuel Oliveira começou por enfatizar que a realização do campeonato regional de futebol deste ano foi “um acto de coragem”, uma vez que algumas provas foram realizadas durante um período “muito critico”, com destaque para o campeonato regional a nível sénior, bem como na camada sub-17, ficando por concretizar brevemente a prova feminina.

No que tange a esta prova, garantiu que “tudo está a postos” para a sua efetivação, perspetivando contar com a participação de pelo menos quatro equipas, embora nem todas ainda estejam inscritas.

Aquele dirigente destacou, por outro lado, que durante esta época futebolística conseguiram realizar formação destinada aos novos árbitros e reciclagem aos mais antigos, para além de formação para guarda-redes. Para os próximos tempos,  pretendem realizar formação de nível 2 destinada aos treinadores de futebol.

Manuel Oliveira apontou como um dos constrangimentos a existência neste momento de apenas um campo relvado para o treino e as “péssimas condições do relvado”.

No entanto, disse esperar que na próxima época futebolística vão puder contar com os dois campos relvados das vilas do Barreiro e da Calheta, de modo a descongestionar o estádio municipal em termos de treino das equipas, para além da melhoria de algumas condições no próprio estádio municipal, a nível de abastecimento de água, sublinhando que foi uma “grande dor de cabeça” garantir este líquido precioso durante as provas.

O responsável apontou como uma das boas novas ainda para este ano a entrega aos clubes que participaram na prova de equipamentos informáticos, com vista a apoiá-los nos seus processos de informatização para que possam dar respostas às novas demandas da Federação Cabo-verdiana de Futebol e mesmo da FIFA, de modo a puderem inscreverem-se na plataforma dentro do prazo limite.

WN/MV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos