Maio: Prazo da entrega da Igreja Matriz mais uma vez adiado para primeira quinzena de Dezembro

Porto Inglês, 17 Nov (Inforpress) – O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas garantiu hoje que a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz estará concluída e será entregue na primeira quinzena do mês de Dezembro, um mês após o prazo inicialmente previsto.

Abraão Vicente encontra-se numa visita de três dias à ilha do Maio, onde tem na agenda a entrega das capelas do Barreiro e Morrinho.

Depois de realizar uma visita às obras de reabilitação da Igreja Matriz, Abraão Vicente pôde constatar o andamento dos trabalhos, que na sua opinião estão a decorrer a “bom ritmo”, e admitiu que a mesma não vai ser entregue no prazo anteriormente anunciado, mas na primeira quinzena de Dezembro, tendo em conta que aconteceram alguns constrangimentos, no que tange à importação de alguns materiais de construção.

O ministro da Cultura disse, por outro lado, que os fiéis vão receber não somente uma Igreja, mas sim “uma espécie de museu”, o que considerou ser “cartão de visita da ilha”, graças ao trabalho que está sendo levado a cabo pelo Governo no quadro do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRAA).

“Toda a parte eléctrica já está concluída, bem como o forro do tecto e neste momento está na parte da carpintaria, embora ainda temos alguns materiais para pavimentação que se encontram na Cidade da Praia. Mas o prazo é para a primeira quinzena de Dezembro, e o mais importante é que temos financiamento para terminar a obra e estamos convictos de que a missa de Natal vai ser celebrada na Igreja Matriz”, concluiu.

De salientar que as obras de reabilitação da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz foram lançadas em Setembro de 2019, durante o qual foi estabelecido um prazo de quatro mês para a entrega dos trabalhos e depois de dois adiamentos o maienses aguardam com grande expectativa a sua entrega no próximo mês de Dezembro.

WN/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos