Maio: Miguel Rosa empossado no cargo de presidente da Câmara Municipal do Maio   

Porto Inglês, 11 Nov (Inforpress) – A Assembleia Municipal do Maio foi instalada hoje e conferiu posse à Câmara Municipal do Maio, liderada pelo reeleito Miguel Rosa, durante uma cerimónia que contou com a presença do ministro de Industria, Comercio e Energia, Alexandre Monteiro.

No seu discurso, o autarca maiense prometeu continuar a trabalhar para levar a ilha a ser uma referência a nível nacional, e até internacional, apostando na infra-estruturação e requalificação dos povoados e vilas e, acima de tudo, na cidade de Porto Inglês.

Miguel Rosa garantiu que a capital da ilha vai merecer uma atenção especial no presente mandato, nomeadamente, com a conclusão do estádio municipal, com a construção de um pavilhão desportivo coberto,  assim como a construção de uma ciclovia que ligará o porto, o aeroporto e a localidade de Morro.

Dotar a cidade de Porto Inglês de um aterro sanitário para dar resposta a demanda actual e futura que se prevê para ilha nos próximos anos, é outra promessa do edil maiense, hoje empossado, que prometeu, igualmente, construir um centro da juventude para proporcionar aos jovens a possibilidade de terem um espaço próprio para realizarem várias actividades.

Miguel Rosa prometeu, por outro lado, que a sua administração vai continuar a pautar-se por uma gestão baseado na transparência, tendo as pessoas no centro das atenções e, para tal, afiançou que vai dar combate à pobreza e promover a coesão social, com enfoque no empoderamento das mulheres, dos grupos vulneráveis e emigrantes, bem como ceder aos jovens chefes-de-família, a possibilidade de terem acesso a um terreno para construírem as suas habitações.

O reconduzido edil maiense disse que no seu programa consta também uma atenção ao sector da formação profissional e neste particular garantiu que vai reabilitar o centro de formação profissional e transformá-la num centro de formação com valências amplas, principalmente em línguas estrangeiras, com destaque para língua Inglesa para que os jovens estejam preparados para o mercado do turismo.

“Estamos confiantes num novo tempo para este sector, nos próximos meses vai arrancar um extraordinário projecto, resultante de uma aposta séria, forte e muito trabalhada pelo Governo, pela Câmara Municipal e pela Sociedade de Desenvolvimento Turístico Integrado das Ilhas da Boa Vista e Maio e o grupo IHCP, num empreendimento que irá gerar milhares de postos de trabalho”, sustentou.

Aquele autarca disse ainda que pretendem transformar os povoados em micro destinos turísticos, aproveitando da classificação da ilha como reserva mundial da Unesco para potencializar os recursos endógenos, com vista a possibilitar à população tirar maior proveito deste sector.

No seu discurso, o ministro da Industria, Comercio e Energia, Alexandre Monteiro, garantiu que o Governo está empenhado em continuar a desenvolver uma “boa parceria” e “bom relacionamento” com as câmaras municipais, salientando que, “o Governo está aberto para discutir amplamente as reformas necessárias para reforçar cada vez mais o poder local democrático em Cabo Verde”.

Aquele governante mostrou-se convicto de que a ilha vai conhecer, nos próximos anos, dias melhores com a implementação do investimento turístico que está previsto para arrancar no próximo ano, considerando que é o maior investimento privado traçado para o pais no sector do turismo.

No início dos trabalhos coube ao novo presidente da mesa da Assembleia Municipal, Micheal Frederico, conferir posse aos 13 deputados municipais, sendo 10 do MpD e três do PAICV, de acordo com o escrutínio de 25 de Outubro de 2020.

WN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos