Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: Miguel Rosa classifica projecto ‘Little África Maio’ “estruturante” para o desenvolvimento da ilha

Porto Inglês, 24 Abr (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Maio, Miguel Rosa, considerou que o projecto “Little Africa Maio” vai ser “estruturante” para o desenvolvimento da ilha, com “impacto em todos os níveis sociais”, daí merecer “uma atenção especial” da autarquia.

Miguel Rosa participava no acto de lançamento público do projecto no decorrer do qual foram levantadas várias questões e preocupações, mas prontamente esclarecidas pelo representante do grupo Internacional Holding Cabo Verde (IHCV), liderado pelo espanhol Enrique Bañuellos.

“Foram questões e preocupações, todas elas legítimas, principalmente neste momento em que a questão da segurança sanitária e outros níveis de segurança têm de ser equacionadas” ressalvou o autarca, que reiterou que como maiense se sente “satisfeito”, não somente com o projecto, mas com “todos os outros” em curso na ilha e os que vão ser anunciados “brevemente”.

Para Miguel Rosa, este projecto vai ter “um grande impacto” na ilha nos vários sectores, pelo que considerou ser fundamental que a autarquia continue com uma “aposta forte” na formação profissional e capacitação de mão-de-obra local e, ao mesmo tempo, continuar a sensibilizar a população sobre as questões relacionadas com a saúde pública e o saneamento, com vista a se alcançar a ilha “ambicionada por todos”.

Segundo a mesma fonte, no quadro da parceria entre o Governo, a câmara do Maio e o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) existe um projecto no montante de 40 mil contos, que vai beneficiar cerca de 300 pessoas, tanto na formação como na criação de pequenos negócios.

“Já no próximo mês, se tudo correr bem, vamos ter a assinatura de acordo com um parceiro ou uma parceira de excelência da ilha do Maio”, concretizou Miguel Rosa, que voltou a frisar que “o momento” da ilha do Maio “está acontecer e convêm que todos os maienses estejam preparados e cientes para tirarem proveito de todo este desenvolvimento”.

Informou ainda que a câmara já dispõe de financiamento para um projecto de tratamento de resíduos sólidos, acrescentando que “nos próximos meses” chega à ilha um camião de recolha de lixo e será  construído um aterro sanitário.

Tudo, concluiu, com vista a garantir uma “melhor qualidade” de saneamento na ilha, que se quer “ambientalmente sustentável”, já que considerada uma Reserva Mundial da Biosfera, pela Unesco.

WN/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos