Maio: Jovem criador de gado começa a recolher pastos e exorta colegas a fazerem o mesmo

Porto Inglês, 11 Jan (Inforpress) – O jovem criador Rui dos Reis já iniciou a recolha de pastos com vista a garantir a alimentação ao seu rebanho durante o período de escassez e aconselha os demais criadores da ilha do Maio a pautarem por esta pratica.

Em conversa com a Inforpress, esse criador, que também é professor de profissão, assegurou que depois de ter passado por praticamente quatro anos de seca severa na ilha, em que perdeu mais de metade dos seus animais, ganhou a consciência de que quando houver pasto, mesmo que pareça ser suficiente para garantir a alimentação durante todo ano, o mais seguro é fazer a recolha e armazenamento.

“Temos recebido ensinamentos de que é preciso fazermos a recolha e armazenamento de pasto, mas sabemos que nem todos têm essa possibilidade. Por isso, seria bom que houvesse a colaboração da Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente no transporte do pasto, porque nem todos têm a possibilidade de custear essa despesa”, alegou.

Este jovem criador defende uma nova forma de criação de animais na ilha do Maio, que passa pela introdução de raça melhorada porque, segundo alega, a actual “não tem trazido rendimento aos que estão a dedicar-se a esta pratica”.

Por esta razão, Rui dos Reis diz que é preciso delinear uma formação neste sector aproveitando o conhecimento dos criadores com longa experiência no ramo, mas, acima de tudo, para envolver os jovens neste sector.

“É preciso dar formação aos jovens que estão interessados em dedicar-se a este sector, para que possam tirar maior proveito desta pratica que é a mais antiga da ilha”, notou, lembrando que Maio tem todas as condições para a pratica da criação de gado.

Por outro lado, Rui dos Reis advogou a criação de uma tarifa especial de consumo de água para os criadores, assim como uma linha de credito destinada aos que pretendem investir neste sector.

O jovem criador de gado lembrou que as previsões apontam para uma melhoria da situação com o crescimento do turismo na ilha do Maio nos próximos tempos, pelo que defende ser necessário potencializar este sector dando formação aos jovens para que possam fazer a criação de forma organizada.

WN/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos