Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: Ilha vai ser contemplada “brevemente” com o projecto ‘Conchas’ – IPC

Porto Inglês, 12 Fev (Inforpress) – O presidente do Instituto de Património Cultural, Jair Fernandes, garantiu hoje que a ilha do Maio vai ser contemplada, nos próximos meses, com o projecto ‘Conchas’, o que vai permitir a realização de estudos arqueólogos subaquáticos na ilha.

Jair Fernandes fez este anúncio hoje, no seu segundo dia de visita a ilha, informando que este projecto iniciou-se na ilha de Santiago, particularmente no ancoradouro da Cidade Velha, de seguida em São Francisco e depois na baia do porto da Gamboa, algo que teve a continuidade este ano na ilha de S. Vicente, graças a uma parceria com a Universidade de Cabo Verde.

Aquele responsável afiançou que existe uma “total abertura” por parte dos governantes neste sector, no sentido de se “acolher a missão e de se estender às outras ilhas”, nomeadamente Boavista e Maio, porque, de acordo com Jair Fernandes, a ilha do Maio alberga um grande “potencial arqueológico subaquático”, mas que ainda precisa ser explorado, valorizado e preservado.

“O que pressupõe que em breve terão aqui uma equipa de missão do projecto, porque se está a trabalhar a carta arqueológica subaquática de Cabo Verde, com duas perspectivas: uma da defesa desse legado patrimonial e a outra que é da criação do roteiro turístico subaquático, para pudermos valorizar o rico potencial subaquático que Cabo Verde possui”, enfatizou.

Questionado como vai ser preservado todo o manancial que possivelmente vai ser encontrado nos mares das ilhas, Jair Fernandes fez saber que vai ser criada uma rede pluridisciplinar, que vai contar com apoio de diversos parceiros nacionais e até internacionais, no sentido de se garantir a integridade destas riquezas e não só.

Jair Fernandes frisou que o Maio pode também vir a ser contemplada com o programa ‘conchas’, para se fazer os estudos arqueológico em termos náuticos, visto que a ilha tem muita “riqueza” subaquática que ainda não foi explorada.

WN/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos