Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: FMB capacita líderes de equipa de patrulha para conseguir maior fiabilidade na recolha de dados nas praias

Porto Inglês, 09 Jun (Inforpress) – A Fundação Maio Biodiversidade está a capacitar os líderes de patrulha para a campanha de protecção das tartarugas marinhas, este ano, com vista a conseguirem obter maior fiabilidade na recolha dos dados durante a temporada.

Em declarações à Inforpress, o biólogo marinho da Fundação Maio Biodiversidade, Juan Patino, assegurou que a formação, cuja duração é de uma semana, está a contar com a participação de nove líderes locais, além de mais dois voluntários vindos das ilhas de Santo Antão e da Boavista e uma líder internacional proveniente da Espanha.

Conforme explicou aquele responsável, a formação que está a decorrer de forma intensiva, visa capacitar estes colaboradores em técnicas da recolha de dados nas praias de forma mais fiável possível, pelo que estes participantes estão a ser reciclados na forma como devem proceder com o manuseamento dos GPS, parquímetros, bem como as balanças,  o preenchimento das fichas diárias e o manuseio dos ninhos, dos viveiros a serem criados e assim como a marcação das fêmeas.

Segundo explicou Juan Patino, esta formação conta com uma vertente teórica e uma parte prática que vai ser realizado na praia de bixe rotcha, acrescentando que este ano pretendem colocar sistema de posição global (GPS) em alguns nas fêmeas, como forma de possibilitar o monitoramento das mesmas no mar nas proximidades da ilha, dispositivo que vai ser retirado durante a campanha de protecção.

Um outro aspecto a ser ministrado durante esse período, tem que ver com as técnicas dos primeiros socorros que está a ser levado a cabo em parceria com a representação da Cruz Vermelha na ilha, realçando ainda que os líderes serão capacitados em técnicas de gestão de equipa, como forma de conseguirem dirigir todo o staff incluindo os guardas e todos os voluntários que vão participar nesta campanha.

Patino ressalvou que estão levar em conta todos os procedimentos de segurança sanitária e pretendem dar continuidade durante a patrulha nas praias, frisando que, este ano, tem havido muita procura das pessoas que pretendem fazer parte da equipa de protecção nocturna, realçando que também estão a contar com a participação de grupos organizados em todos os povoados.

Juan Patino fez saber ainda que os líderes das equipas vão estar nas comunidades a partir deste fim-de-semana e no decorrer da próxima semana vão dar inicio aos trabalhos de senso nas praias e ao mesmo tempo vão formar os guardas nas referidas localidades, acrescentando que o arranque dos trabalhos de forma oficial vai acontecer no início de Julho.

Aquele responsável disse por outro lado, que esperam contar com uma boa temporada, uma vez que já começaram a registar os primeiros ninhos, embora admita que poderão não atingir a cifra do ano passado, que rondou os 23 mil ninhos.

WN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos