Maio: Câmara Municipal capacita os funcionários em técnicas de atendimento e liderança

Porto Inglês, 22 Fev (Inforpress) – A Câmara Municipal do Maio promoveu durante uma semana uma acção de formação, com vista a capacitar os funcionários em técnicas de atendimento e liderança intermédia, para melhorarem cada vez mais o serviço público.

Em declarações à Inforpress, a funcionária da Câmara Municipal do Maio Lizandra Soares assegurou que saíram “mais capacitados, motivados e com mais ferramentas” para exercerem as suas funções diárias, de modo a prestarem um serviço ainda melhor aos utentes que diariamente procuram os serviços camarários.

Conforme adiantou aquela formanda, no sábado houve uma sessão de formação e logo na segunda-feira tiveram uma acção prática, durante a qual os formadores presenciaram “in loco” o serviço de atendimento que cada um prestava aos utentes, pelo que considerou ser uma “boa experiência” para si e a todos os colegas que estiveram presentes na referida formação.

“Estou certa que, com estes conhecimentos, vou prestar ainda mais um melhor serviço aos utentes e munícipes que procuram os nossos serviços, a Câmara Municipal, para resolverem os seus problemas”, afiançou, sublinhando que acções do tipo devem ser realizadas anualmente, visando transmitir mais conhecimentos aos funcionários, de modo que estes possam estar cada vez mais preparados para prestarem um melhor serviço.

Carla Santos, outra participante na formação, afiançou que com esta acção de capacitação adquiriu muitos conhecimentos, embora já tenha tido, ajuntou, alguma experiência, mas que acabou por aprofundar melhor, principalmente no que tange a “assertividade”.

“Aprendemos durante esta a formação que, primeiro devemos ouvir os nossos clientes, e só depois começar a encaminha-los para os diferentes departamentos a que devem seguir, de modo a que os seus problemas possam ser resolvidos”, enfatizou.

Carla Santos lembrou ainda que esta acção de formação é uma continuidade do que vem sendo feito pela autarquia, no sentido de melhorar o serviço de atendimento, pelo que admitiu que esta última foi mais incisiva e com acções práticas.

De todo modo, exortou a edilidade que continue com esta iniciativa anualmente para que possam enriquecer os seus conhecimentos.

Por outro lado, o formador Carlos Santos, que veio de Loures, Portugal, explicou que esta formação enquadra-se no âmbito do projecto da requalificação turística e ambiental da ilha do Maio, financiado pela União Europeia, em parceria com a Câmara Municipal de Loures, que tem uma geminação com a edilidade maiense.

“Durante esta semana, tivemos uma acção de formação para funcionários, chefias intermédios e dirigentes municipais, no que tange às questões da liderança, mudança e motivação nos postos de trabalho”, informou.

Aquele formador avançou ainda que, durante esta acção de formação, aproveitaram também algumas experiências locais para irem partilhar com os seus funcionários daquele autarquia que alberga cerca de 2300 trabalhadores.

“Vamos mais ricos e julgamos que conseguimos deixar também a nossa experiência e que o atendimento pode vir a ser mais eficiente e uma marca do município”, adiantou.

A referida formação enquadra-se no projecto de dinamização e requalificação turística da ilha do Maio e resulta de uma parceria com o Município de Loures e o Instituto Marquês de Valle Flor, financiado pela União Europeia.

WN/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos