Maio: Activista desportivo realiza primeira edição de jogos de praia com alunos da Escola Secundária Horace Silver

Porto Inglês, 20 Jun (Inforpress) – O activista desportivo Ivanio Monteiro realizou este fim-de-semana, no Maio, a primeira edição de jogos de praia, destinada aos alunos da Escola Secundária Horace Silver, com o objectivo de promover a interacção entre alunos e professores de Educação Física.

Em conversa com a Inforpress, o activista que é formado em Educação Física, assegurou que após ter concluído a sua formação e estágio curricular queria trazer algo de novo à sua ilha natal, pelo que aproveitou dos conhecimentos adquiridos para promover este evento, que juntou cerca de 700 alunos.

Um outro aspecto, segundo disse, foi chamar atenção das pessoas sobre a importância e a utilidade que uma praia de mar possui, para se realizar um leque de actividades desportivas e não só, assim como criar uma interação entre os alunos e os professores de Educação Física daquele estabelecimento de ensino.

No entanto, Ivanio Monteiro lamentou a “pouca adesão” dos professores, algo que admitiu “é normal” por ser a primeira vez, mas que “poderia ser perfeitamente abraçado pelos docentes”, uma vez que o evento exige uma certa segurança e que é preciso muito controlo dos alunos.

“No projecto em si, era que cada director de turma estivesse presente para controlar a sua turma, mas infelizmente não tivemos esta colaboração”, enfatizou, lembrando que durante o evento foram realizados diversos jogos como metagua, caça ao tesouro, roda mona, jogo de aranha, entre outros, o que permitiu o entretenimento dos alunos.

Ivanio Monteiro disse por outro lado, que gostaria de contar com apoio das entidades e empresas locais e que acreditassem na juventude maiense que quer dar o seu contributo para o desenvolvimento da ilha, salientando que enfrentou muitas dificuldades para realizar o evento.

“Pelo facto de a ilha ser palco de “Porto Inglês, cidade capital cabo-verdiana da juventude” [as autoridades] deveriam acarinhar este evento e quiçá replicá-lo durante o Verão”, sugeriu, lamentando as “várias barreiras” de falar com os responsáveis camarários.

De todo modo, aproveitou a ocasião para agradecer os parceiros, entre os quais a Fundação Maio Biodiversidade, que também aproveitou a ocasião para passar a sua mensagem sobre a importância da protecção das tartarugas marinhas.

Ruben Santos, um dos participantes nos jogos de praia, considerou que foi um “momento de muito divertimento” e que o marcou de forma diferente, porque acabou por conhecer outras modalidades. “É uma iniciativa que pode ser replicada durante o Verão para proporcionar aos jovens momentos de diversão”, sugeriu.

A mesma opinião teve a aluna Melissa Évora, afirmando que na ilha do Maio o desporto tem se resumido somente na modalidade de futebol, pelo que considerou ser um evento que deveria ser feito mais vezes, principalmente durante o Verão e no momento em que a ilha ostenta o título de “cidade capital cabo-verdiana da juventude”, para que os jovens possam praticar outros tipos de modalidades desportivas.

WN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos