Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maduro pede justiça “ao mais alto nível” contra os “traidores da pátria”

 

Caracas, 17 Dez (Inforpress) – O Presidente venezuelano acusou no sábado o líder do parlamento do país, Julio Borges, de solicitar sanções à Europa e EUA contra a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA), e pediu justiça “ao mais alto nível” contra os traidores da pátria.

“No mundo a direita está a pedir sanções contra o país, assim está Julio Borge, saiu do país há dez dias para pedir sanções na Europa e nos Estados Unidos contra o petróleo, contra a PVDSA”, disse Maduro numa declaração transmitida pelo canal estatal VTV.

Maduro falava durante a tomada de posse do governador do estado Zulia, Omar Prieto, perante o Conselho Legislativo dessa região, tendo afirmado que Borges assumiu o “compromisso” de “causar danos à Venezuela”.

“Peço justiça ao mais alto nível contra os traidores da pátria”, disse, reivindicando “rapidez” na aplicação da mesma, e culpando Borges por “qualquer decisão” que os Estados Unidos tomarem sobre a Venezuela.

Esta não é a primeira vez que o chefe de Estado venezuelano responsabiliza Borges pelas sanções do Governo dos Estados Unidos, que disse que não levantará as medidas se não for restaurada a “ordem constitucional”.

A acusação de Maduro tem lugar numa altura em que o governo e a oposição tentam o diálogo político.

O levantamento das sanções dos Estados Unidos é uma das principais reivindicações do Governo venezuelano para o diálogo.

Lusa/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos