Livro: Jornalista Carlos Gonçalves apresenta na Praia “Kab Verd Band AZ – Músicas e Tradições”

Cidade da Praia, 12 Set (inforpress) – O jornalista e antigo director da Rádio Nacional de Cabo Verde Carlos Gonçalves apresenta na sexta-feira, na cidade da Praia, o livro “Kab Verd Band AZ-Músicas e Tradições”, um dicionário da música de Cabo Verde.

A obra, de 800 páginas, organizada por ordem alfabética, conta com mais de três mil entradas e verbetes e é ilustrada com 150 fotos, além de quadros, tabelas e ilustrações.

Em declarações à Inforpress, o autor explicou que o volume, que será apresentado na Biblioteca Nacional pelo sociólogo e investigador César Monteiro, constitui um “verdadeiro dicionário da música” de Cabo Verde.

De acordo com o investigador, a obra, de fácil consulta, reúne informações até agora de difícil consulta ou desconhecidas do grande público e que servem de base de dados para os profissionais de diversas áreas, nomeadamente da comunicação social e o público em geral.

Carlos Gonçalves, dono de uma carreira longa como jornalista, recorda que em 1992, no âmbito da internacionalização da música de Cabo Verde, foi convidado a elaborar uma selecção musical e um texto descritivo para o duplo CD “Cabo Verde Antologia 1959-1992”.

O jornalista assinalou que é a partir deste facto que nasceu o projecto “Kab Verd Band”, cujo primeiro livro foi publicado em 2006, reunindo guiões de programas e artigos publicados ao longo de mais de 25 anos e pesquisas sobre a música “made in CV”, desde o início até o fim do século XX.

Passados 15 anos, é dado agora a conhecer “Kab Verd Band AZ – Músicas e Tradições”, um dicionário da música de Cabo Verde que, para além de um “vasto espectro” de músicos e compositores, apresenta também informações conexas ao campo musical cabo-verdiano.

Este livro, segundo o autor, contém “histórias emocionantes, curiosidades fascinantes e detalhes enriquecedores” sobre a cultura musical de Cabo Verde, com informações detalhadas sobre funaná, morna, coladeira, batuque, e géneros musicais homólogos e similares em Cabo Verde, África Ocidental, América Latina.

A obra proporciona uma viagem cultural aos locais emblemáticos de actuações em escolas de música, editoras, fazendo referências a produtores, associações, direitos de autor, legislação, festivais, conjuntos musicais, centros culturais, estúdios de gravação, mercados, negócios, músicas com histórias e danças.

Carlos Filipe Gonçalves é também autor do livro “Bá d’al na rádio – Memórias da Rádio Barlavento” e de “Capítulos da Morna”, bem como de textos publicados nos livretos dos CD.

Carlos Filipe Fernandes da Silva Gonçalves é jornalista e músico. Nasceu no Mindelo, São Vicente, em 12 de Outubro de 1950, tendo começado aos 16 anos a trabalhar na Rádio Barlavento, como discotecário, e teve a seu cargo, por quatro anos, a programação musical da estação emissora na época e terminou na Rádio Comercial (Praia), de que foi director.

Carlos Gonçalves destacou-se ainda como produtor de programas radiofónicos e televisivos e autor de artigos sobre música cabo-verdiana, rock e jazz, publicados em diferentes jornais do arquipélago.

DG/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos