Literatura: Manuel Pereira lança obra em crioulo “Letradu D´un Jerason”

Cidade da Praia, 07 Jul (Inforpress) – O escritor cabo-verdiano Manuel Pereira lança hoje, na Praia, seu segundo livro “Letradu D´un Jerason” (Letrado de uma Geração – em português), constituído por 27 poesias escritas em crioulo cabo-verdiano, visando colaborar para a divulgação da língua materna.

O livro homenageia duas “grandes figuras” da cultura cabo-verdiana, Orlando Pantera e Bibinha Cabral, aborda o contributo que ambos deram dentro do contexto musical, reconhecidos no batuque e finason, bem como o “grande contributo” que Amílcar Cabral deu enquanto herói e patrono da independência de Cabo Verde.

Estas informações foram avançadas à Inforpress pelo autor do livro, sublinhando que a obra começa a retratar a fusão da língua das colónias e dos escravos em Cabo Verde que deu origem à língua crioula.

A obra retrata também a fome de 47 que assolou o arquipélago e as questões das revoltas que sucederam em Santa Catarina, com enfoque na Revolta de Ribeirão Manuel e a Revolta da Ribeira dos Engenhos.

Escrito em língua crioula cabo-verdiana, com 27 poesias, 112 páginas, o livro debruça ainda sobre as questões económicas do país e as vulnerabilidades das pessoas de classe baixa.

Por estes motivos, frisou Manuel Pereira, que a obra é denominada “Letradu D´un Jerason”, relatando uma geração cabo-verdiana na sua vertente histórica, antropológica e cenográfica com grande destaque aos artistas que deram grande contributo para a cultura cabo-verdiana.

Financiado pelo ministério de Cultura e das Indústrias Criativas, o autor espera com esta obra colaborar para a divulgação da língua cabo-verdiana “que é património imaterial do povo cabo-verdiano, e incentivar outros escritores a valorizar mais a língua materna”.

TC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos