Liga Nazarena de Solidariedade leva mensagem “assertiva” aos bairros da capital mais afectados pela covid-19

Cidade da Praia, 14 Ago (Inforpress) – A Liga Nazarena de Solidariedade inicia este sábado, 15, uma campanha de sensibilização sobre a covid-19 envolvendo os bairros da capital mais afectados pela pandemia, avançou hoje a presidente, Joana Brito.

Em declarações à imprensa, aquela responsável elucidou que esta campanha consiste em levar a mensagem “assertiva” sobre a pandemia do novo coronavírus com foco nas classes juvenil e feminina.

“Esta campanha consiste em realmente levar esta mensagem assertiva sobre a covid-19 e decorrerá será nos bairros mais afectados pela pandemia. Estamos a fazer isso em parceira com o Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), que já nos indicaram os bairros e estaremos fazendo uma campanha porta-a-porta”, informou.

A Liga Nazarena de Solidariedade pretende com está acção, que terá a duração de duas semanas, reforçar as acções sobre as medidas de prevenção no combate à covid-19.

Conforme adiantou, essa campanha porta-a-porta será realizada por um grupo de voluntários, formados no Instituto Nacional de Saúde Pública.

“Nós queremos deixar na mão de cada jovem um frasquinho spray com álcool 70 para levarem aos bairros, cada jovem terá um frasquinho deste para desinfectar as mãos e nas famílias deixaremos um kit higiénico”, prometeu.

Quanto ao plano da referida instituição envolvendo o jardim-de-infância da mesma, realçou que as medidas de prevenção contra a covid-19 foram adoptadas pela Liga Nazarena antes da declaração do estado de emergência no país, afiançando que serão garantidas todas as condições e cumpridas rigorosamente todas as regras para a segurança das crianças e dos colaboradores.

Cabo Verde registou hoje mais 63 casos positivos de covid-19, resultantes de 341 amostras analisadas, elevando o total acumulado para 3.136 infectados, informou hoje o Ministério da Saúde.

Em comunicado, o ministério explica que o concelho da Praia, o mais afectado, registou 27 casos, seguido da ilha do Sal com 19 e Ribeira Grande de Santiago, com nove.

Os restantes casos positivos surgiram nos concelhos de Santa Catarina (01), São Salvador do Mundo (01), São Domingos (03) e Tarrafal (03), todos no interior de Santiago.

Segundo o boletim epidemiológico diário do Ministério da Saúde e da Segurança Social, há 22 novos casos de recuperados, sendo 21 na Praia e um em Santa Cruz.

O país passa a contabilizar 847 casos activos, 2254 recuperados, 33 óbitos e um total de 3,136 casos positivos acumulados desde 19 de Março.

A pandemia da covid-19 já provocou mais de 754 mil mortos e infectou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em Fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

CM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos