Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativo 2021/São Nicolau: MpD quer continuar a valorizar a cultura da ilha

Tarrafal de São Nicolau, 08 Abr (Inforpress) – O Movimento para a Democracia quer continuar a valorizar a cultura da ilha, tendo em conta a importância que este sector tem para São Nicolau, declarou o cabeça-de-lista Nélson Brito.

Instado sobre intervenções do partido neste sector, o candidato disse que o Governo tem “projectos importantes” em curso, nomeadamente do centro histórico da Preguiça.

“Temos em andamento a recuperação do centro histórico da Preguiça, uma zona antiga e importante para São Nicolau e Cabo Verde, estamos a requalificar a antiga alfândega da Preguiça, as casas antigas no centro e ainda a Cruz de Papa”, avançou Brito iremos, que mencionou a construção de um restaurante de acordo com o estilo arquitectónico desta zona, através de uma parceria pública/privada.

Nelson Brito garantiu que Preguiça é uma “referência importante” para a ilha, assim como outros locais, e deu como exemplo o Centro Histórico da Ribeira Brava, que tem um projecto de salvaguarda do património histórico e cultural.

“As intervenções do projecto de salvaguarda que temos para Ribeira Brava vai sempre nesta óptica de valorização do património, ou seja, aquilo que viola o estilo arquitectónico será proibido”, considerou.

Outros projectos a nível de património, segundo Nelson Brito, estão ligados ao orfanato de Caleijão, casa Baltazar Lopes da Silva, na Ribeira Brava, promoção do Santuário no Cachaço, intervenções no campo de concentração do Tarrafal e ainda criação de um núcleo museológico na Ribeira Brava.

Além do património histórico/cultural, Nelson Brito adiantou que têm projectos também ao nível dos eventos culturais da ilha, que atraem turistas, dinamizando assim a economia.

“Carnaval, festas de romaria, Festival de Praia de Tedja e Festival da Morna, entre outros, irão ser aliados ao sector do turismo, sendo o turismo o principal sector de desenvolvimento da ilha para o MpD para o próximo mandato”, sintetizou o candidato.

Relativamente ao Festival da Morna na Praia Branca, o cabeça-de-lista do MpD referiu ainda que o objectivo é fazer com que este evento ganhe “um estatuto diferente”, principalmente com a retoma das actividades no pós-covid-19.

“Temos uma aposta forte também na cultura, sendo que ela atinge também a juventude, a sua criatividade e capacidade de intervenção no desenvolvimento da ilha”, reforçou Nélson Brito.

Para esta sexta feira, o MpD vai desenvolver actividades de campanha na cidade da Ribeira Brava.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

LS/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos