Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021: UCID com expectativa na eleição de seis dos 19 deputados no círculo de Santiago Sul

Cidade da Praia, 16 Abr (Inforpress) – A candidatura da União Cabo-verdiana Independente Democrática (UCID) por Santiago Sul, encabeçada por Francisco Silva, espera eleger pelo menos seis dos 19 deputados em disputa na região.

Francisco Silva fez um balanço positivo da campanha eleitoral, iniciada no dia 01 de Abril e com término hoje, indicando que, das pessoas contactadas, mais de 90% declararam que vão votar na UCID, neste domingo.

“A nossa expectativa é de eleger pelo menos seis deputados que nos permita, se não ganhar as eleições, pelo menos acabar com a maioria absoluta em Cabo Verde”, disse, classificando a meta de real, apesar das “tentativas de compra de consciência” que, frisou, acontece, sobretudo, nos três dias antes das eleições.

“Nós acreditamos que as pessoas hoje estão mais esclarecidas e que não irão vender-se por cinco ou 10 mil escudos, para depois passarem os próximos cinco anos na miséria”, sustentou.

Durante os 16 dias de campanha o candidato disse que a candidatura que lidera tentou passar a sua mensagem porta-a-porta com distanciamento, seguindo todas as orientações das entidades sanitárias, apresentando à população o seu programa e as suas propostas e consciencializando as pessoas de que o País precisa da UCID para garantir mais equilíbrio democrático.

Neste sentido, pediu que os eleitores não fiquem em casa no dia das eleições e que exerçam o seu direito de voto de forma livre e consciente, e que escolham a UCID como alternativa, já que o historial mostra que a governação dos dois partidos, MpD e PAICV, não tem correspondido às expectativas das pessoas.

“Muitas pessoas estão desacreditadas por conta das más políticas executadas pelos governos dos dois partidos, mas queremos dizer-lhes que têm de ir às urnas porque ficar em casa não resolve a indignação. É só votando e votar contra os dois partidos que criaram a situação que temos, neste momento, é que podemos ter um Cabo Verde melhor”, sustentou.

Francisco Silva pediu “um basta dos mesmos”, salientando que “a UCID é a opção certa” para dar um fim à bipolarização instalada em Cabo Verde.

O candidato salientou que o objectivo essencial da UCID para a próxima legislatura, é apostar num modelo de governação em que todos os cabo-verdianos sejam efectivamente iguais, que dê garantias de desenvolvimento sustentável e que represente uma aliança entre o crescimento económico, a justiça social, a qualificação dos jovens, o respeito pelo ambiente e o combate à desigualdade social “que reinam no país”.

A UCID encerra a sua campanha  eleitoral com um dia de passeata nos diversos bairros da cidade da Praia com mensagem de apelo ao voto.

Às legislativas do dia 18 de Abril, para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

MJB/HF

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos