Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/São Nicolau: PAICV considera que a ilha está em total abandono

Tarrafal de São Nicolau, 11 Abr (Inforpress) – O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) considera que a ilha de São Nicolau está em total abandono com a actual governação.

Em entrevista à Inforpress, o cabeça-de-lista para o círculo eleitoral do PAICV para São Nicolau, Hipólito Barreto, disse que a situação da ilha não é das melhores e que necessita urgente de medidas de intervenção.

“A situação de São Nicolau é de abandono por parte da actual governação, liderada por Ulisses Correia e Silva e são necessárias medidas urgentes para resolver esta situação”, afirmou.

Hipólito Barreto indica o que considera ser dos maiores “entraves” na ilha, que é o sector dos transportes, cujo contrato feito pela governação não está de acordo com o interesse e as necessidades existentes.

“Vejamos que em termos de transporte não houve um contrato com benefícios, mas sim um acordo lesivo para os interesses da ilha e da sua população, porque há apenas um voo semanal, posso dizer que Cabo Verde perdeu a sua soberania em termos de transportes, tanto aéreos como marítimos”, considerou.

O cabeça-de-lista disse ainda que o compromisso do PAICV “é trazer a companhia de bandeira TACV”, porque a “actual companhia Binter CV”, não pode ter monopólio neste sector, mas sim deve haver concorrência para o bem da população.

A mesma fonte informou ainda que é necessário dar atenção aos transportes terrestres, porque os condutores têm de dispor de melhores condições de trabalho.

“Quem de direito deve tomar medidas concretas, porque os operadores não estão a trabalhar em condições propícias para desempenhar a suas actividades da melhor forma, acrescentou,

Hipólito Barreto associa também o problema dos transportes, saúde e falta de água, ao fraco desenvolvimento do turismo da ilha.

“Não é possível falar do turismo, porque temos problemas de transporte, de saúde, de água etc, e não é normal dizerem que temos duas delegacias de saúde em São Nicolau, sendo que no Tarrafal não há uma sala para receber os pacientes e os equipamentos estão ainda em uso”, avançou.

Os problemas de acesso à água também são questões que, segundo o candidato do PAICV, merecem especial atenção, sendo isso um passo essencial para o desenvolvimento da agricultura.

“Em algumas zonas ainda há pessoas com penúria de água, e quem iniciou essa mobilização de água foi o PAICV, quer em termos de furos, galerias e também desanilizadora”, acrescentou.

O representante do partido disse ainda que querem apostar nas energias renováveis, e fazer a transformação da água salgada em água doce, tanto para o consumo humano, como para a agricultura.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

LS/DR                                        

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos