Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Santiago Sul: PTS promete “aposta forte” nos recursos humanos para desenvolver Ribeira Grande de Santiago

Cidade Velha , 07 Abr  (Inforpress) –   O cabeça-de-lista do Partido do Trabalho e da Solidariedade (PTS) para Santiago Sul, Carlos Lopes, defendeu hoje uma “aposta forte” nos recursos humanos para desenvolver os sectores  chaves da Ribeira Grande de Santiago.

O candidato. que percorreu hoje o vale de Cidade Velha acompanhado do presidente interino do PTS, Cláudio Sousa, considerou que apesar das potencialidades a nível histórico, turístico, agrícola e na pesca, a população local não tem conseguido tirar proveito disto.

“Temos um vale que poderia estar a produzir  e  a fornecer produtos para o município da Praia, como também para os outros, temos também a parte turística que deixa muito a desejar, temos jovens e homens do mar que poderiam estar a trabalhar  no turismo, porque não temos nenhum meio de transporte marítimo para que os turistas possam fazer uma viagem no mar”, elencou.

Para o desenvolvimento deste concelho, o pretendente a deputado realçou ainda que é preciso apostar no turismo nacional, diversificar e aumentar as ofertas turísticas neste município.

Tudo isto, sublinhou, passa por uma “aposta forte” nos recursos humanos para desenvolver os sectores chaves deste município, aposta no  desenvolvimento da capacidade dos jovens, principalmente na área do artesanato e em competências linguística.

 “Esta comunidade  precisa de uma intervenção séria por parte do poder local e, como deputado nacional, vou defender  fortemente o envolvimento  do Estado  no desenvolvimento deste concelho e desta zona turístico em particular”, garantiu.

Sendo um Sítio Histórico e declarado Património Mundial, Carlos Lopes defendeu que é necessário analisar a questão das construções, uma vez que muitas famílias  queixam-se de terem sido penalizados nas suas intervenções arquitectónicas, pois qualquer construção no Sítio exige parecer da autarquia.

Ainda o PTS defendeu uma “maior abertura” da autarquia no sentido de facilitar a distribuição de terrenos em outros espaços que “não seja proibido tocar”.

Aos populares da Ribeira Grande de Santiago, o PTS pediu um voto de confiança, pois garantiu que como deputado vai defender “fortemente”  que este Sítio declarado a Património da Humanidade tenha a sua “dignidade”.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

AM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos