Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/ Santiago Sul: MpD vai dar continuidade ao projecto de hub aéreo – candidato Olavo Correia

Cidade da Praia, 09 Abr (Inforpress) –  O candidato a deputado do MpD pelo círculo eleitoral de Santiago Sul, Olavo Correia, garantiu hoje que a ideia de fazer de Cabo Verde uma plataforma de transporte aéreo continua válida, mas será readaptada.

Olavo Correia fez estas declarações à imprensa depois de uma passeata pelos bairros da Praia Oeste, acompanhado do líder do partido e candidato à sua própria sucessão ao cargo de primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Conforme disse, é necessário reajustar as suas ambições em relação à expansão do negócio do transporte aéreo internacional, mas a ideia de fazer de Cabo Verde uma plataforma de transporte aéreo, ou seja, o hub aéreo de transporte, continua a ser válida.

Entretanto, explicou, este projecto deve ser ajustado às circunstâncias que o mundo está a viver hoje, que tem a ver com as consequências da pandemia da covid-19.

 “A política dos transportes aéreos, sobretudo, na componente internacional sofreu uma alteração substancial com a pandemia da covid-19 e nós temos que reajustar o modelo, (…) temos de ser menos ambiciosos, temos de ser mais compatível com aquilo que é a procura do mercado internacional e é o que está sendo feito”, assegurou.

Mas para isso, prosseguiu, é preciso aguardar a recuperação do mercado aéreo internacional, e isto vai depender muito dos efeitos da vacinação, sobre a imunidade do grupo e sobre a retoma daquilo que é chamado do “novo normal”.

“Pensamos que assim que as condições estiveram reunidas, podemos ter também um ‘boom’ em relação à procura pelos mercados nacionais e Cabo Verde está a posicionar-se como sendo um destino turístico de qualidade e sustentável”, disse, acentuando que isto vai reforçar a confiança de todos aqueles que procuram o País como destino turístico e como destino de investimento.

Em relação ao negócio, Olavo Correia disse que o MpD tem por ambição o melhoramento dos negócios, promover o empreendedorismo, promover a captação do investimento privado nacionais e de estrangeiros, mas também da diáspora, para que possam desenvolver o País.

O número quatro da lista do MpD lembrou que o Governo da IX legislatura criou um sistema de financiamento que está a funcionar como o “Pró-Capital, Pró-Garante e Fundo de Garantia Soberano”.

“Esses instrumentos vão permitir acelerar a dinâmica de crescimento económico nos próximos tempos (…). Nós queremos ter um povo cada vez mais empreendedor, com o Estado a suportar, com o Estado a apoiar e com o Estado a incentivar”, perspectivou.

Neste sentido, assegurou que, nos próximos tempos, vão “aprimorar os instrumentos e aumentar o caudal” para atingir mais pessoas, mais ilhas e para poderem estar presentes em todas as áreas, em todos os domínios e em todos os locais de Cabo Verde.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

AM/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos