Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Santiago Norte: MpD vai continuar a apostar fortemente na formalização da economia – candidato

Assomada, 11 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista do MpD por Santiago Norte afirmou que o Governo de Ulisses Correia e Silva apostou fortemente na formalização da economia e assegurou que vão continuar para acelerar o processo de transição da economia informal para formal.

Austelino Correia fez estas declarações à Inforpress depois de ter visitado o pelourinho e mercado municipal de Assomada, Santa Catarina, este sábado, acompanhado dos outros integrantes e militantes do partido.

Conforme disse, a formalização da economia é “importante” e os próprios trabalhadores do sector informal já estão conscientes disso, tendo em conta que, segundo ele, com a pandemia estes ficaram prejudicados e os que estavam formalizados receberam muitos apoios do Estado.

“A formalização da economia é importante, porque vai garantir o exercício mais controlado, mais seguro, vai permitir criar as condições para se ter higiene e para que as próprias pessoas possam exercer as suas actividades com maior tranquilidade”, defendeu, acrescentando que em Cabo Verde, por ser um destino turístico, as coisas têm que estar organizadas.

Adiantou ainda que da proposta do MpD consta ainda a formação na contabilidade e gestão de pequenos negócios, aposta em higiene nos mercados e melhoramento dos mercados a nível das infra-estruturas e, no caso de Santa Catarina, a ampliação do mercado municipal.

Ainda este sábado, o candidato a deputado participou num “pequeno comício” em Gil Bispo, onde tranquilizou a população, assegurando que a estrada asfaltada em curso no bairro vai chegar até o bairro de Bolanha, contrariamente às informações da oposição.

“A oposição está desorientada e, nesta fase final, vai atacar as pessoas, desinformar e mentir, mas, não vamos tirar o foco, que é a vitória no dia 18 de Abril. (…) Temos obras feitas, temos a melhor proposta e melhores candidatos a primeiro-ministro e a deputados”, concluiu.

Hoje, o cabeça-de-lista vai estar em Achada Lém para um “pequeno comício”. Na segunda-feira, 12, desloca-se a Telhal dos Engenhos.

Às legislativas do dia 18 de Abril, para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

FM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos