Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Sal: “Verifica-se na ilha e em todo Cabo Verde um abandono total do sector das pescas” – PAICV

Espargos, 11 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista do PAICV no Sal, Démis Almeida, diz que se verifica na ilha e em todo Cabo Verde um “abandono total” do sector das pescas, cuja situação “poderá reverter-se” se o seu partido for novamente Governo.

 Démis Almeida que falava este fim-de-semana, durante um mini-comício na localidade piscatória da Palmeira, reiterou que a mudança do rumo de desenvolvimento de Cabo Verde, “para melhor”, poderá acontecer se o eleitorado votar em Janira Hopffer Almada.

“Onde estão as soluções para a pesca, para a conserva de peixe, infra-estruturas de frio, onde estão todas as promessas de apoio aos pescadores, peixeiras e peixeiros de Palmeira do Sal (…)” questionou, renovando que não houve nenhum “investimento de fundo” no sector das pescas.

Avivando que o voto é secreto, Démis Almeida apela às pessoas a não se deixarem levar pelos discursos de que o Governo deve ter a mesma cor política da câmara municipal, para que se possa ver realizados os projectos da autarquia, pelo que instiga as pessoas a votarem em consciência, no partido, na candidatura e na “candidata que dá garantias” ao País e aos cabo-verdianos.

“Porque Cabo Verde vai mudar e vai mudar para melhor”, acentuou, afiançando que o Governo do PAICV, saído das próximas eleições do dia 18 de Abril, irá ter as “melhores relações com a Câmara Municipal do Sal.

“Vamos trabalhar fortemente para dinamizar a economia dessa ilha, para aumentarmos a indústria turística, dinamizar todas as potencialidades económicas, sociais e culturais na ilha, para termos condições de transferir mais recursos para o Sal”, concluiu.

Convicto da mudança porque, conforme sublinhou, as soluções prometidas pelo Governo de Ulisses Correia e Silva, há cinco anos, “não apareceram”, tendo-se transformado em “desilusões” do povo cabo-verdiano, Démis Almeida insiste em pedir às pessoas a irem votar em massa de modo a permitir a mudança.

“Dar o voto no PAICV, na Janira Hopffer Almada para um Cabo Verde melhor, para um Cabo Verde para todos”, desafiou, orientando as pessoas a “avaliarem bem” esses cinco anos de governação do Movimento para a Democracia (MpD).

Tomando Palmeira como exemplo, onde este fim-de-semana fez a apresentação da lista dos candidatos, Démis Almeida lembrou que o MpD prometera transformar a localidade numa cidade portuária, com turismo de cruzeiro, com parque industrial e com “grande pujança económica”, nomeadamente no sector das pescas.

“Perguntamos hoje, cinco anos depois, onde estão essas soluções”, questionou em tom de ironia.

A caravana do PAICV tem agendado para hoje, uma conversa aberta com a população de Pedra de Lume, porta-a-porta em Feijoal, e um comício no final da tarde na zona de Cafarú, também em Pedra de Lume.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

 SC/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos