Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Maio: Candidato do PAICV considera “óptima” a recepção dispensada pela população maiense

Porto Inglês, 08 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV), Edson Alves, fez hoje um balanço positivo da primeira semana da campanha eleitoral, considerando “óptima” a recepção dispensada pelos maiense à sua equipa.

Segundo afiançou Edson Alves, que encabeça a lista do PAICV na ilha do Maio, nestes praticamente uma semana, já percorreram todas as localidades e sempre por onda passaram, as pessoas manifestaram estar dispostas a votarem no partido no dia 18 de Abril.

Estas manifestações de apoio à candidatura, prosseguiu, levam-no a acreditar num “bom resultado” no dia 18 de Abril, mas, de todo modo, exortou aos jovens e à toda população a manterem-se “firme” até ao último dia, indicando que o propósito da sua candidatura é a ilha do Maio e o bem-estar das pessoas e, consequentemente, o desenvolvimento da ilha.

“A recepção tem sido óptima, mas como sabemos com o aproximar do dia das eleições vão surgir muitos desafios e embate político e sabemos que o outro partido vai fazer de tudo para conseguir os seus objectivos”, frisou, demonstrando a sua preocupação no que se refere ao “jogo anti-democrático” por parte da candidatura contrária.

Edson Alves lembrou ainda que muitas pessoas optaram por abstenção nas eleições autárquicas, mas disse estar convicto de que no dia 18 de Abril, estas mesmas pessoas vão exercer os seus direitos cívicos, dando uma “oportunidade” à sua equipa, composta essencialmente por “jovens que querem dar os seus contributos para o desenvolvimento da ilha e representá-la da melhor forma no Parlamento”.

“A Ilha do Maio não está a ter oportunidade de colocar caras novas a representá-la no Parlamento, porque tem sido sempre as mesmas pessoas, mas desta vez estou a dar-lhes esta oportunidade de colocar outras pessoas, com uma nova visão e nova abordagem de fazer política”, salientou.

O cabeça-de-lista disse estar a contar com a população em geral e a juventude maiense em particular, porque pretendem trazer um “Cabo Verde para todos”, ressalvando que vão continuar com a mesma postura, reforçando as suas mensagens nesta parte que resta da campanha, “olhos nos olhos”, apresentando as proposta que possuem para o desenvolvimento da ilha, contando para isso com todos maienses.

Edson Alves advogou, por outro lado, que este é o momento dos maienses confiarem na sua juventude e dar-lhes uma oportunidade, porque são pessoas com experiência e que têm vindo a dar os seus contributos para o desenvolvimento da ilha.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

WN/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos