Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021: Líder do PSD confiante que é desta que conseguirá eleger deputados

Cidade da Praia, 16 Abr (Inforpress) – O presidente do Partido Social Democrático (PSD) e candidato nas eleições legislativas de próximo domingo garantiu hoje estar “confiante” de que será desta vez que o seu partido irá eleger os deputados para os círculos eleitorais a que concorre.

João Além, que falava à imprensa num balanço de final de campanha que encerra hoje, disse estar convicto de que a população vai votar “mudança” e que o PSD vai conseguir eleger-se, justificando sua certeza no facto de os eleitores estarem “cansados das promessas do MpD e PAICV”.

“Atravessamos durante 50 anos um calvário, mas, na segunda-feira, espero que seja aleluia para todos os cabo-verdianos. Espero que saibamos escolher e distinguir o bem do mal, pois, só saberemos que o futuro é nosso consoante se soubermos a escolha que fazemos”, realçou, afirmando que o sofrimento tem chegado a todos e menos aos que decidiram que “nos terra é pá nos poco” (a nossa terra é para nós os poucos).

Para dar fim a este “sofrimento”, o líder do PSD e cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Santiago Sul, apela os jovens com idade para irem à urna, domingo, deixar os seus votos para poderem, assim, defender os seus direitos e tudo quanto é preciso para que tenham um futuro “risonho”.

“Votar no PSD é ter tudo isso, pois, sonhamos dar a cada cabo-verdiano, que quer trabalhar para mudar sua vida, condições para maior dignidade”, disse, apelando aos eleitores a não venderem os seus votos para “migalhas”.

O desígnio do PSD, segundo João Além, é ajudar os cabo-verdianos a ter um “futuro com futuro”, ou seja, “um amanhã com certeza de que a vida será diferente”.

O candidato, que fez sua campanha sob o slogan “Mudar Cabo Verde para dignificar o Homem” e que diz estar há vários anos a acompanhar o país e a lutar para melhores condições de vida para os cabo-verdianos, compromete-se, caso conquiste um lugar no parlamento, levar a debate problemas que afligem as famílias como emprego, salário mínimo, pobreza e outros.

Questionando se irá continuar a aparecer na senda política do país mesmo que não consiga os votos necessários para subir ao parlamento, João Além afirmou estar disposto a continuar a lutar para um “fim comum”.

A dois dias das eleições, o líder do PSD exorta a todos os eleitores cabo-verdianos a saírem de casa para exercerem o seu direito a voto, alegando que “se não votem ou abstenham o parlamento continuará com MpD e PAICV”.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos