Legislativas 2021: Janira Hopffer Almada recebida de forma “eufórica” no Tarrafal

Tarrafal, 01 Abr (Inforpress) – A presidente do PAICV foi hoje recebida por uma multidão no arranque da campanha eleitoral para as legislativas, na cidade do Tarrafal, onde manifestou a sua confiança em como o cabo-verdiano quer um “Cabo Verde para Todos”.

Depois de inaugurar a sede da campanha na região norte da ilha de Santiago, Janira Hopffer Almada percorreu o centro desta urbe, em contactos directos com a população por tudo quanto havia viva alma, com passagem pelos bares, restaurantes, quiosques, praças, mercados, parque de estacionamento e ruas, das diferentes artérias de Mangui

Sempre acompanhada por palavras-de-ordem como “Janira ki nu cre” (Queremos Janira) a aspirante a primeira-ministra, destacou o facto da população do Tarrafal ter decidido “28 anos depois, primeira vez, dar a vitória ao PAICV”, numa alusão às eleições autárquicas de Outubro, alegando que o concelho mostrou, claramente, que “o trabalho é sempre valorizado e que o empenho será compensado”.

Para a líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), esta atitude demonstra que o povo coloca em primeiro lugar o interesse do País e do município, acima de tudo, afirmando mesmo que pretende fazer com que “este sentimento de esperança”, a partir do Tarrafal, seja contagiante a todos os cabo-verdianos.

Eufórica pela recepção, disse que o slogan “Um Cabo Verde para Todos” está a ser vivenciado pelas pessoas por todos os lugares, ressalvando que a sua candidatura tem estado a ser recebida de braços aberto pelas pessoas, quer sejam mulheres, homens, condutores, taxistas, vendedeiras e a população em geral que deixam esperança no apoio à candidatura que lidera.

Daí, disse querer fazer com que as pessoas entendam que, neste momento, está em causa muito mais do que a escolha de um partido, mas sim a “escolha de um futuro para Cabo Verde”, sublinhando ter o sentimento em como os cabo-verdianos estão muito atentos de que o “país não vai bem com a governação do MpD”.

Jurista de profissão, Janira Hopffer Almada, que entra pela segunda vez nesta corrida ao Palácio do Governo, disse que a esperança no acreditar e na capacidade do trabalho do cabo-verdiano é que fez “o PAICV chegar onde chegou”, razão pela qual afirmou ter recebido “com toda a humildade esta recepção”.

Nas legislativas do dia 18 de Abril, para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

SR/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos