Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Fogo: UCID faz “balanço positivo” da primeira semana de campanha eleitoral

São Filipe, 08 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), no Fogo, mostrou-se hoje “satisfeito” com as acções de campanha eleitoral, nesta primeira semana, ao mesmo que revelou “estupefacção” com os orçamentos desiguais em relação aos adversários.

Ao fazer, para a Inforpress, o balanço da primeira semana de campanha eleitoral, Pedro Ribeiro sustentou que a candidatura da UCID apresenta um orçamento de 500 mil escudos, enquanto os partidos oponentes apresentam “orçamentos exorbitantes de 20 e 25 milhões de escudos”.

O gestor financeiro de formação considerou “os valores exorbitantes” gastos pelos dois maiores partidos cabo-verdianos, PAICV e MpD, de uma “afronta e desrespeito total” para com a população do Fogo.

Mais ainda, continuou a mesma fonte, numa situação actual de pandemia, “agudizada pelo desemprego”, “jovens sem perspectivas” e ainda pela “estagnação da Economia”.

Pedro Ribeiro lembrou que em Cabo Verde não se vive em “clima de Carnaval”, mas “uma campanha eleitoral”, concluindo que, “o povo saberá tirar as suas conclusões” e não se deixar influenciar pelo “poderio financeiro” dos dois partidos.

E perante essa alegada desigualdade de meios disponibilizados para a campanha eleitoral, Pedro Ribeiro sugeriu “uma revisão e uma mudança urgentes” da actual Lei de Financiamento dos Partidos Políticos em Cabo Verde, porque disse “não acreditar” que essa seja a forma “mais correcta” de fazer política.

Para a derradeira semana de campanha, a UCID vai “continuar a respeitar as regras sanitárias”, garantiu Pedro Ribeiro.

“Porque temos visto que os outros partidos não têm respeitado o devido distanciamento social, com a conivência das autoridades policiais” explicou o candidato, que solicitou “mais presença” das autoridades policiais, já que, denunciou, “há inércia das autoridades policiais no Fogo” e que estes “trabalham exclusivamente para os dois partidos do arco do poder”.

Hoje, a caravana azul da UCID mantém contactos porta-a-porta com as populações da zona norte do município de São Filipe, nomeadamente Ponta Verde, Lomba e Ribeira Filipe, de manhã, e São Jorge e Campanas, à tarde.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos eleitorais de Cabo Verde, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

PPM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos