Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Fogo: UCID exorta deputados a representarem ilha com dignidade na Casa Parlamentar

São Filipe, 04 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) pelo círculo eleitoral do Fogo, Pedro Ribeiro, acusou hoje os órgãos de soberania de não respeitarem as expectativas do povo e nem servirem os interesses dos cabo-verdianos.

“Queremos que o Parlamento faça um trabalho digno, um trabalho tão valioso, mas quando o povo de Cabo Verde não acredita nessas pessoas, naturalmente que ninguém sequer dá qualquer valor ao próprio Parlamento”, indicou Pedro Ribeiro.

O candidato da UCID no Fogo pediu que o Parlamento resgate a sua dignidade na forma de trabalhar, com valor e competência, adiantando que “a começar pela parcialidade do presidente da Assembleia Nacional, a continuar pelos deputados que temos, que fazem da Casa Parlamentar um local onde vão lavar roupa suja”.

Para o candidato não basta querer ser deputado, porque uma função tão nobre, a par do professor, merece ser exercida por profissionais competentes, devidamente motivados e melhor preparados, porque é aí que se definem as principais medidas legislativas que possam, naturalmente, fazer crescer e desenvolver o país.

Ribeiro considerou que o país se encontra em situação de crise por causa da existência de “um Estado fraco, mal organizado e mal planeado, de um Governo que não sabe executar as orientações que são emanadas e de uma Casa Parlamentar, igualmente, paupérrima e fraquinha, que também não soube e nem tem sabido dar respeito ao povo cabo-verdiano”.

Por isso, continuou Pedro Ribeiro, os deputados devem promover uma atitude e mentalidade positivas no Parlamento porque “não é isso que o povo de Cabo Verde quer”.

Segundo o cabeça-de-lista da UCID no Fogo, os próprios deputados é que devem mudar a forma de trabalhar, exigir melhores atitudes e comportamentos, para representarem convenientemente a Nação cabo-verdiana tanto no país, como na diáspora.

Neste Domingo de Páscoa, e, de acordo com a agenda divulgada à imprensa, a comitiva dos democratas-cristãos deverá estar na localidade de Atalaia, situada no município dos Mosteiros.

Às legislativas do dia 18 de Abril para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

PPM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos