Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Fogo: “Onda amarela está a crescer à medida que se avança na campanha eleitoral” – cabeça-de-lista Eva Ortet

São Filipe, 09 Abr (Inforpress) – A candidatura do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) classificou de “positiva” a primeira semana da campanha para as legislativas do dia 18, mantendo a meta de eleger “quatro dos cinco deputados” no círculo eleitoral.

A cabeça-de-lista do PAICV pelo círculo eleitoral do Fogo,  Eva Ortet, ao fazer o balanço da primeira semana de campanha eleitoral, reforçou que a meta é para manter porque, explicou, à medida que se avança na campanha disse sentir que a “onda amarela está a crescer cada vez mais”.

Indicou que “em todas as localidades” a candidatura tem sido recebida “com muita euforia e contentamento”, o que dá “grande esperança e força” para continuar o resto da campanha, para uma “grande vitória” na ilha do Fogo.

O crescimento, salientou, deve-se à dinâmica da campanha, mas sobretudo à maneira de a fazer, através da apresentação da mensagem e da plataforma, sempre falando com as pessoas “olhos nos olhos” de que os compromissos assumidos são realizáveis e não promessas apenas para ganhar votos.

Eva Ortet referiu que estão a falar com o eleitorado à semelhança do que o seu partido fez nas eleições autárquicas, em que ganharam as câmaras de São Filipe e dos Mosteiros, sublinhando que estão a fazer propostas “credíveis e que verdadeiramente podem ser realizadas”.

“O PAICV é um partido que governa com verdade e transparência e no dia 18 esperamos ter mais uma estrondosa vitória aqui no Fogo para trabalhar e avançar com os investimentos que desde 2016 estão paralisados”, disse a cabeça-de-lista.

Segundo a mesma, o próprio líder do MpD “reconheceu que não cumpriu” para com a ilha do Fogo, ao “não concretizar promessas” como a segunda fase do anel rodoviário e/ou iluminação e transformação do aeródromo de São Filipe num aeroporto.

Neste momento, prosseguiu, ele está a trazer “promessas refogadas”, mas o eleitoral da ilha “não quer este tipo de promessas”.

Para o resto da campanha, a estratégia continua a mesma, indicou a candidata a deputada, com contactos porta a porta e encontros com as comunidades, “respeitando sempre” as medidas sanitárias para evitar a propagação do vírus da Sars-Cov2, desde o distanciamento passando pelo uso de máscaras e desinfecção com álcool gel.

Hoje, as acções serão desenvolvidas em várias localidades dos três municípios com porta a porta. Em São Filipe está programado encontro com a população em Pedro Homem e no bairro de Beltchés, contando com a cabeça de lista, Eva Ortet.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos