Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Fogo: MpD promete centro de informação e investigação para a ilha

São Filipe, 09 Abr (Inforpress) – O Movimento para a Democracia (MpD) prometeu para a próxima legislatura a criação de um centro de formação e investigação no Fogo, que resultará da parceria entre o Governo e as universidades Uni-CV e UTA.

Segundo o cabeça-de-lista da candidatura do MpD, Filipe Santos, tal iniciativa enquadra-se no compromisso já assumido de trazer o ensino superior para a ilha do Fogo.

Além da criação do centro de formação e investigação, a formação superior terá como prioridade as áreas das ciências da terra, como a geociência, vulcanologia, energias renováveis, engenharias ligadas à saúde animal, enologia, cultura e agronegócios, sectores que a ilha tem “grande potencial” para funcionar como “autêntico laboratório”.

Ainda para o sector da educação, formação e juventude, o cabeça-de-lista do MpD salienta que são sectores que o governo mais investiu, através da massificação da formação profissional, sublinhando que todos os jovens que se formaram passaram por estágios profissionais com duração de oito meses, constituindo assim uma “grande oportunidade” para entrar no mercado de trabalho.

Filipe Santos lembrou ainda que além da formação, os jovens foram beneficiados com kits de auto-emprego para montar os seus próprios negócios, recorrendo ao fundo de financiamento para criação de empresas para jovens que querem iniciar os negócios.

A isenção da propina até o último ano do ensino secundário e atribuição de bolsas de estudos que a nível da ilha triplicou, passando de 40 para 120, são medidas que, adiantou o candidato a deputado, “o próximo governo suportado pelo MpD e liderado por Ulisses Correia e Silva vai continuar a implementar”.

Filipe Santos avançou ainda que além da construção do centro de formação e de investigação para o ensino superior a proposta do MpD vai também no sentido de expandir o centro de formação profissional da região Fogo/Brava para acolher a parte de incubação de empresas e serviços de promoção do empreendedorismo.

O acelerar dos investimentos no sector das energias renováveis para reduzir os custos de factores de produção beneficiando os operadores económicos, consta das medidas, ainda segundo Filipe Santos.

Hoje, a candidatura do MpD tem prevista acções de campanha nos bairros de Terra Branca e Congresso (baixo) e nas localidades de Monte Tabor, Às-Hortas, Jardim, Salto e arredores, Achada Mentirosa e encontro com a população no bairro de Beltchés.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos