Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Fogo: MpD perde a ilha cinco anos depois por uma diferença de 200 votos

São Filipe,  18 Abr (Inforpress) –  O Movimento para a Democracia (MpD), que em 2016 venceu pela primeira vez na ilha do Fogo, voltou a perder para o Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV) nas eleições legislativas de hoje.

O MpD obteve 7.364 votos, correspondente a 47.9%, enquanto, enquanto o PAICV conseguiu, com 7.564 votos, correspondente a 49,2 por cento (%) e a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) 251 votos, correspondente a 1,6%.

Cabeça-de-lista do MpD, Filipe Santos, disse que apesar da derrota a nível local e por uma diferença de “uns 200 votos”, o seu partido ganhou as eleições na sua globalidade e vai trabalhar para a ilha “sem discriminação e para todos”, materializando os projectos e as propostas apresentados ao eleitorado durante a campanha.

O deputado eleito declarou-se “orgulhoso pelo trabalho realizado” pela equipa de campanha, e que conseguiu superar o resultado das autárquicas, e considerou que não alcançou a vitória como previa porque, explicou, “houve vários constrangimentos”, nomeadamente da mensagem enviada pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), que “confundiu as pessoas”.

Reconheceu que Fogo “é tradicionalmente PAICV” e que as pessoas têm “mais paixão pelo partido e que muitas vezes não analisam projectos e nem reconhece o trabalho” que o governo tem estado a fazer para a ilha.

Filipe Santos disse que a população “pode contar com os deputados do MpD e com o governo”, porque vão trabalhar para colocar Fogo “no patamar que merece”.

Os apoiantes do MpD fizeram festas pelas diferentes ruas da cidade de São Filipe, com várias pessoas a deslocarem dos outros municípios para o de São Filipe para comemorar a vitória a nível nacional.

Quanto a Pedro Ribeiro, cabeça-de-lista de UCID, não foi possível contactá-lo para uma reacção.

Às  legislativas do dia de hoje para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorreram seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorreram em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos