Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021/Brava: PAICV diz que ‘feedback’ tem sido “aceitável” e promete manter estratégia

Nova Sintra, 08 Abr (Inforpress) – O cabeça-de-lista do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) na Brava manifestou-se quarta-feira “satisfeito” com “caminhada” feita na primeira semana da campanha para as eleições legislativas do dia 18 e promete manter a estratégia.

Clóvis Silva, que hoje está em Nova Sintra e Padjal/Lomba, em mais uma acção de campanha, afirmou que o ‘feedback’ das pessoas tem sido “aceitável”, prometendo, por isso, manter a estratégia, sempre em cumprimento com as normas sanitárias.

“Vamos manter a estratégia porque se durante as últimas eleições as coisas correram bem vamos continuar da mesma forma para manter a ilha segura e sem problemas de maior”, disse Clóvis Silva, precisando que a sua candidatura vai manter a mesma mobilização, motivação e sensibilidade de chegar nas pessoas.

O candidato “tambarina” avançou que, por o “contexto da pandemia levantar muitos questionamentos, “houve a necessidade de demonstrar a população da Brava o que poder ganhar com a governação do PAICV, caso for eleito no dia 18 de Abril.

Durante esta primeira semana de campanha eleitoral, segundo candidato, foi reforçada a imagem do partido e a importância do programa de governação para a ilha Brava para melhoria das condições de vida das pessoas.

Em relação ao sentido de voto, Clovis Silva disse que na ilha há um equilíbrio em relação aos dois maiores partidos, mas apontou que, mesmo assim, o “objectivo maior é ganhar as eleições”.

“Tem havido muito equilíbrio entre os dois maiores partidos (…), a militância na Brava não é radical, há pessoas do MpD que dizem votar na Janira Hopffer Almada”, explicou.

Para Clóvis Silva, o facto do partido ter uma candidata mulher pode ter um efeito positivo, “por ela incutir confiança e aceitação”.

Para sexta-feira, a candidatura do UCID e a sua equipa vai estar na localidade de Furna e Nossa Senhora do Monte para contactos e auscultar a população.

Da lista do PAICV para o círculo eleitoral da Brava consta ainda Armindo Moreira, João Pereira Baptista, Augusto Cabral, Melanice de Pina e Reinando Martins, que é o mandatário.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

OM/CP

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos