Legislativas 2021/Brava: Jovens não têm saído da ilha porque há muitas oportunidades de emprego – MpD

Nova Sintra, 08 Abr (Inforpress) – A cabeça-de-lista do Movimento para a Democracia (MpD) pelo círculo eleitoral da Brava às legislativas do dia 18, defendeu esta quinta-feira que os jovens não têm saído da ilha porque há muitas oportunidades de emprego.

Em declarações aos jornalistas, na sua primeira acção de campanha na localidade de Furna, Fernanda Burgo garantiu que há muitas formações em curso e que a muitos jovens já foram dadas oportunidades de emprego  para estudarem nas universidades na Praia e nas escolas de formação profissional na ilha do Fogo.

“A câmara municipal, em conjunto com o Governo, tem dado apoio aos jovens, através da Fundação Cabo-verdiana de Acção Social Escolar (Ficase)”, acrescentou a candidata, frisando ainda que os jovens estudam até ao 12ºano sem pagar as propinas.

“A juventude da Brava e de Cabo Verde saíram a ganhar com este Governo. Os jovens estudam até ao 12ºano sem pagar propinas, quando antes havia muita desistência por causa deste constrangimento”, frisou.

Fernanda Burgo acrescentou que todos os jovens que apresentaram projectos à Pro-Empresa, “desde que  seja  viável”, receberam financiamento de modo a terem o seu próprio negócio.

A candidata a mais um mandato no Parlamento, observou que a formação profissional é “preliminar por ser investimento a longo prazo”.

“Um jovem com formação é totalmente diferente de um sem formação. Os que não estão empregados têm todas as informações de como formar para depois apresentarem projectos e terem o próprio negócio”, explicou Fernanda Burgo.

Para a candidata “ventoinha”, o PAICV não tem lições a dar a nível da juventude porque, fazendo uma comparação, é totalmente diferente uma vez que os dados demonstram as acções desenvolvidas para a criação de oportunidades aos jovens.

Para este sábado, 10, a candidatura do MpD vai estar em Lagoa, Fajã de Água e Esparadinha para contactos  e auscultar a população.

Da lista do MpD para o círculo eleitoral da Brava consta ainda Samuel Varela, Domingos Coelho, Viriato Gomes, Autélia Mascarenhas e João Paulo Silva é o mandatário da lista.

Às legislativas do dia 18 de Abril, para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

OM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos