Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Legislativas 2021: A nossa força está na abstenção – líder e candidato do PP

Cidade da Praia, 15 Abr (Inforpress) – O presidente do Partido Popular (PP) e cabeça-de-lista em Santiago Sul, nas eleições de 18 de Abril, afirmou hoje que a força do partido está na abstenção e que pretendem reverter esta percentagem a seu favor.

A constatação foi feita por Amândio Barbosa Vicente, que liderava a comitiva dos populares, que arrancou a sua campanha neste penúltimo dia no bairro de Ponta d´Água, de onde irá seguir para Achada Mato, Vila Nova e Lem Cachorro, todos no município da Praia, para auscultar os eleitores e apresentar as propostas para uma política diferente.

“A nossa força está na abstenção, ir buscar as pessoas que não estão a votar, porque se essas pessoas começarem a votar os maiores partidos deixarão de ter força. Ao ouvir os cidadãos a dizer que não vão votar, tentamos convencer para irem votar, porque a força do PP está na abstenção”, disse o candidato que assegurou que o partido vai investir na abstenção, que em 2016 foi superior a 40%.

Amândio Barbosa Vicente avançou que tem recebido um bom “feedback” por parte do eleitorado, que prometeram votar na proposta do PP, que tem como base lutar para o salário mínimo de 20 mil escudos, redução da taxa moderado para 100 escudos e mais segurança pública.

“Queremos importar que a administração pública valorize os seus funcionários em função de mérito e trabalho, não em função do cartão de militante, ou seja, valorizar o homem em função do seu trabalho, esforço e mérito”, apontou o candidato.

Por outro lado, considerou que a segurança pública continua a ser o ponto fraco e “calcanhar de Aquiles” da governação do Movimento para a Democracia (MpD).

“A segurança pública é um grande problema, mas estamos a ver o Governo a fazer campanha e comparar 2015 a 2020, e acha que a segurança melhorou”, referiu Amândio Barbosa Vicente, que propôs um policiamento de proximidade nos bairros.

Para um Cabo Verde mais inclusivo, defendeu que é necessário mais equilíbrio social, respeitar a dignidade das pessoas e mais segurança pública.

No período da tarde, a caravana dos populares vai estar em Vila Nova e Lem Cachorro para levar a mensagem do partido e apelar ao voto de confiança no próximo dia 18 de Abril. 

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

AV/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos