Legislativa/Maio: UCID apresenta lista junto do tribunal da comarca perspectivando “equilibrar” o parlamento

Porto Inglês, 09 Mar (Inforpress) – A União Cabo-verdiana, Independente e Democrática entregou hoje a lista da sua candidatura no tribunal da comarca da ilha às legislativas de 2021, com objectivo de ”equilibrar” a representatividade da ilha e do país no parlamento.

Em conversa com a Inforpress, o mandatário da União Cabo-verdiana, Independente e Democrática (UCID-oposição)), Carolino Rodrigues, assegurou que objectivo passa por fazer um “bom resultado”, tanto a nível local como nacional, que é eleger deputados ao parlamento.

A ideia, prosseguiu, é evitar “os desmandos” e os “excessos do poder”, que, vincou, vem sendo “perpetuado” pelos dois partidos com maior representatividade em Cabo Verde (PAICV e MpD), considerando que esta bipolaridade não beneficia a democracia.

O mandatário da UCID disse que a lista, encabeçada pelo fisioterapeuta Albertino Garcia Rosa, um jovem “muito dinâmico e muito conhecido na ilha” e que está disposto a dar o seu contributo para que as pessoas, principalmente os jovens, venham a ter mais “vez e voz” no panorama político nacional.

Carolino Rodrigues admitiu que a constituição da lista não foi fácil, mas que apesar de alguns constrangimentos – “um certo medo por parte dos jovens em participar na política, principalmente nos partidos ditos mais pequenos”, visto que “muitos estão ainda a procura do primeiro emprego” – os democratas cristãos conseguiram organizar e apresentar uma lista composta por “jovens dinâmicos” e pessoas com alguma experiência.

“Pretendemos trazer mais jovens para o nosso lado e trabalhar as pessoas para não terem receio de entrarem na política e com isso equilibrar o poder em Cabo Verde”, frisou, acrescentando que pretendem realizar uma campanha “alegre” e trazer novas opções para os jovens da ilha.

Aquele mandatário disse, por outro lado, que vão respeitar todas as normas sanitárias, e aproveitou a ocasião para exortar aos maienses para que estes estejam “atentos” à dinâmica desta lista que promete, caso seja eleita, lutar para criação de melhores condições de vida aos cabo-verdianos e dos maienses, em particular.

Prometeu, igualmente, que em concertação com o plano do partido a nível nacional, vão apresentar nos próximos dias as suas ideias e propostas para a campanha eleitoral que se avizinha, como uma força alternativa do poder.

WN/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos