Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Kitesurf’2019: Airton Cozzolino e Djô Silva protagonizam duelo de campeões

Ponta Preta, Sal, 27 Fev. (Inforpress) – O campeão mundial em título Airton Cozzolino e o experiente Djô Silva protagonizaram esta manhã momentos emocionantes numa das disputas mais renhidas desta I Etapa do Circuito mundial de Ponta Preta em condições climáticas difíceis para a modalidade.

O júri chegou mesmo a ponderar suspender a competição, por causa da ventania carregada de muita poeira, mas ainda assim estes autênticos “tubarões das ondas” conseguiram pôr em prática as suas especialidades.

O período desta manhã foi marcado, ainda, por “rits” entre atletas nacionais e estrangeiros em busca de repescagem à fase seguinte, com os kitesurfistas a desafiarem as más condições meteorológicas, para demonstrarem as suas destrezas.

Nesse período deu para os espectadores e a organização presenciarem a vitória do experiente Djô Silva, ele que é também membro da organização e que está envolvido na organização deste evento mundial em Cabo Verde, frente ao campeão nacional Titick Lopes.

Quem também brilhou esta manhã foi o jovem kitesurfista cabo-verdiano Keltom Lopes eliminar o brasileiro Sebantian Ribeiro.

Neste momento é grande a expectativa para se saber se os campeões serão conhecidos ainda esta tarde, com o cabo-verdiamo Mitú Monteiro e a norte-americana Moona Whyte bem posicionados para a vitória final.

Mitú Monteiro, de acordo com os membros do júri, está “muito perto do título”, pois que leva uma larga vantagem sobre os restantes elementos do pódio, isto é, o australiano James, o cabo-verdiano que compete pela Espanha, Matchú Lopes, e do italiano, Francesco, mas promete continuar sereno e precavido para gerir esta vantagem.

Já, Moona Whyte venceu a eliminatória feminina da I etapa do Circuito Mundial de Kitesurf, prova que conta com 17 participantes e da qual Cabo Verde se faz representar por Yanira “Didi” Lopes.

A atleta norte-americana dividiu o pódio com J-C Catharina Edin, da Suécia (2º), Charlotte Carpentier, da França (3º) e da australiana Francis Kelly (4º).

A praia de Ponta Preta, no Sul da ilha do Sal, acolhe desde segunda-feira, 25, a I Etapa do Circuito Mundial de Kitesurf, e com término previsto para 03 de Março, evento que envolve 48 atletas masculinos e 17 femininas, em representação dos cinco continentes.

O arquipélago está representado nesta competição mundial por dez praticantes neste circuito mundial que está a ser disputado pelos melhores kitesurfistas do Mundo em representação de Cabo Verde, Alemanha, Austrália, Brasil, Bulgária, Canadá, Espanha, Estados Unidos da América, França, Hawaii, Itália, Portugal, República Dominicana, Suécia.

Ponta Preta’2019 marca o início das 13 edições que constituem este evento mundial denominado “2019 GKA Kite World Tour Events”, ao qual se segue as praias de Leucate (França), Dakhla (Marrocos), Sylt (Alemanha), Tarifa (Espanha), Gran Canaria (Espanha), Sotavento (Espanha), Malmo (Suécia), Ilhas Maurícias, Cumbuco (Brasil), Prea (Brasil), Maui (Hawaii) e Torquay (Austrália).

SR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos