Justiça: Alex Saab reconduzido para a cadeia da ilha do Sal por questão de segurança

Espargos 4 de Julho – O empresário Venezuelano Alex Saab, alegado testa-de-ferro de Nicolás Maduro, foi transferido de novo para cadeia da ilha do Sal, na noite de sexta-feira, tendo o avião aterrado no Aeroporto Amílcar Cabral pelas 20:05.

A Inforpress soube que a transferência do empresário  ficou-se a dever à preocupação de garantir melhores condições de segurança, favorecendo o acto de extradição no seu melhor timing.

As autoridades entendem que, com o aumento da tensão a volta do caso Alex Saab e a aproximação do final de processo de extradição, Sal seria a melhor opcção, por apresentar melhores condições de segurança e logística.

Detido na noite de 12 de Junho, na ilha do Sal, pelas autoridades policiais cabo-verdianas, a pedido da Interpol, com base num mandado de captura internacional, Alex Saab Morán é acusado pelos Estados Unidos da América (EUA) de negócios corruptos com o governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

O empresário sul-americano, considerado testa de ferro do presidente venezuelano, foi detido durante uma escala técnica na ilha do Sal, num voo de regresso alegadamente do Irão e encontra-se na cadeia da Ribeirinha, em São Vicente.

A Justiça cabo-verdiana rejeitou um pedido de habeas-corpus interposto pela defesa que alega a imunidade de Alex Saab, enquanto portador de passaporte diplomático.

PE/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos