Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Julgamento Amadeu Oliveira: “quando as pessoas não comparecem existe um procedimento definido na lei”, diz ministra (Rectificada)

Cidade da Praia, 22 de Fev (Inforpress) – A ministra da Justiça afirmou, hoje, que para a realização da justiça existem processos e procedimentos que devem ser respeitados e, para as pessoas que não comparecem, existe um procedimento definido na lei, aludindo à detenção de Amadeu Oliveira.

Janine Lélis, que respondia à questão dos jornalistas sobre a detenção do advogado, Amadeu Oliveira, no sábado, 20, realçou que o julgamento é um procedimento da justiça.

“Não se pode fazer justiça sem que haja julgamento, mas para isso, as partes têm de estar presentes. A regra e o procedimento definido por lei é que quando as pessoas não comparecem existe o procedimento definido pela lei para fazê-los comparecer”, esclareceu.

Questionada ainda sobre o funcionamento da investigação criminal, Janine Lélis remeteu a pergunta para o ministro da Administração Interna, salientando que existem órgãos auxiliares da justiça que têm responsabilidade para com a investigação criminal.

Já no que respeita ao funcionamento da inspecção judicial, a governante avançou que o quadro legal foi revisto e que a colocação dos inspectores cabe ao Conselho, pelo que adiantou que só este órgão poderá responder tal questão.

Sublinhou ainda, que o Conselho Superior da Magistratura Judicial e do Ministério Público foram alvos de investimentos para poderem dar respostas.

Amadeu Oliveira, cuja audição do julgamento teve início hoje, é acusado pelo Ministério Público de 14 crimes de ofensa e injúria contra os juízes do Supremo Tribunal de Justiça, Benfeito Mosso Ramos e Fátima Coronel.

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos