Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Jovem YALI quer homens mais sensibilizados com a saúde e engajados no desenvolvimento de Cabo Verde

Cidade da Praia, 18 Nov (Inforpress) – O jovem Jeremias Tavares que participou no YALI 2017 promove, hoje, em São Domingos, um fórum do Dia Internacional do Homem, visando promover e reflectir sobre o papel do homem na sociedade e os cuidados com a saúde.

Em declarações à Inforpress, Jeremias Tavares que é também membro integrante da Rede “Laço Branco” explicou que se pretende, igualmente, com a iniciativa dar a conhecer aos cabo-verdianos a existência do Dia Internacional do Homem, 19 de Novembro, que na sua opinião é pouco falado em Cabo Verde.

Durante a tarde deste domingo, segundo este responsável, serão abordados temas como a Saúde no Masculino e Os Cuidados do Homem, tendo ressalvado, por outro lado, que o evento enquadra-se no âmbito das comemorações do “Novembro Azul”, mês mundial da luta contra o cancro da próstata.

“Este evento para além de promover a comemoração do Dia Internacional do Homem tem a finalidade de também chamar a atenção dos homens sobre a importância do cultivo de uma vida saudável porque sabemos que os homens não se preocupam muito com a sua saúde, daí que iremos abordar sobre os cuidados, as medidas de prevenção e os factores de riscos.”, disse, salientando que ainda existe um tabu sobre a doença que se afigura como uma das principais causas de morte masculina no país.

Para além dos malefícios do cancro da próstata, revelou que se tem constatado em Cabo Verde que o alcoolismo tem afectado muito a classe masculina, uma doença que considerou “grave” e que tem destruído a vida de muitos cabo-verdianos.

Abordando a questão da paternidade responsável, o beneficiado do programa YALI (Iniciativa para Jovens Líderes Africanos) 2017 lamentou o facto da mesma não ser ainda assumida verdadeiramente pelos pais cabo-verdianos, apontando questões culturais como um dos aspectos que influenciam negativamente esta realidade.

Por outro lado, Jeremias Tavares avaliou positivamente o papel que o homem vem desempenhado no desenvolvimento de Cabo Verde, tendo, entretanto, admitido que existem ainda desafios a serem ultrapassados.

“Temos estado a trabalhar bastante as questões de sensibilização sobre o papel do homem enquanto pai, principalmente, abordamos também a questão do empoderamento masculino que é pouco falado, a problemática da VGB”, declarou, sublinhando que as coisas têm melhorado, mas que podem ficar ainda melhor contribuindo assim na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

O Dia Internacional do Homem é celebrado anualmente em 19 de Novembro e foi comemorado pela primeira vez em 1999, em Trinidad e Tobago, e promovido pelo Dr. Jerome Teelucksingh, com o apoio das Organizações das Nações Unidas (ONU).

Nesta data também se debate outros temas, como a conscientização da igualdade entre géneros e o destaque dos papéis positivos do homem na sociedade.

CM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos