José Pereira lança “Conservação do Património Geológico: uma proposta para Cabo Verde com enfoque na ilha de Santiago”

Cidade da Praia, 16 Nov (Inforpress) – O docente José Manuel Pereira lança esta terça-feira, 17, o livro intitulado “Conservação do Património Geológico: uma proposta para Cabo Verde com enfoque na ilha de Santiago”, na Biblioteca Nacional, na Cidade da Praia.

Fruto da sua tese de mestrado em Ciências da Terra da Vida, do Ambiente e do Espaço pela Universidade do Minho, em Portugal, este livro segundo o autor, aborda a temática conservação da natureza, na sua perspectiva geológica (Geoconservação), que consiste na protecção do património geológico promovendo, simultaneamente, o uso racional desta componente não viva do património natural.

Sendo o património natural constituído por valores abióticos (elementos notáveis da geodiversidade) e bióticos (fauna, flora), sublinhou, compreende-se que as políticas e estratégias de conservação da natureza contemplem acções de conservação do património geológico, em paralelo com as estratégias de protecção da biodiversidade.

“Tem se notado que na maior parte das vezes a conservação assenta sobre os recursos da biodiversidade e tem se dado mais ênfase à biodiversidade, esquecendo-se da parte abiótica da geodiversidade, que tem várias funções de entre as quais a de suportar a biodiversidade”, explicou.

Neste sentido, defendeu, para que haja uma conservação completa é necessário que o sistema engloba tanto a conservação da biodiversidade como a conservação da geodiversidade.

O livro, segundo o autor, traz alguns subsídios e propostas para que se insira também a geoconservação no sistema da conservação da natureza.

“Criar primeiro a legislação à volta disso para que tenha um suporte jurídico para a conservação da biodiversidade, (…) abordar mais esta questão da geodiversidade em congressos e workshops, fornecer subsídios aos gestores dos parques naturais e de todas as áreas protegidas por forma a que haja um sistema integrado das duas coisas, a conservação do bio e da geo diversidade”, elencou a mesma fonte, referindo-se às propostas.

Este livro também é um contributo para que os decisores tenham mais em conta a conservação do património natural, bem como a sua classificação, uma vez que, explicou, a nível mundial os patrimônios da Unesco são na maioria os patrimónios construídos, enquanto os patrimónios naturais e misto são menos classificados.

O acto de lançamento estará a cargo das professoras Sónia Silva e Vera Alfama e moderado pelo director Nacional do Ambiente, Alexandre Neves.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos