Jornalista da Inforpress desafia estudantes a “quebrarem a corrente das fake news”

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) – O jornalista da Inforpress Geremias Furtado desafiou os estudantes a quebrarem a corrente das fake news, considerando que o desafio das novas tecnologias obriga a se fazer uma reflexão sobre a redefinição dos meios de comunicação na actualidade..

Geremias Furtado falava em declaração à Inforpress, no âmbito da sua participação numa palestra sobre o jornalismo na era digital, onde irá abordar o tema o impacto das fake news, num evento promovido pelo Ministério da Educação, aos alunos do 12º ano de escolaridade de diferentes escolas da cidade da Praia, para assinalar o dia Mundial da Rádio que se celebra hoje.

Destacou a importância da celebração do Dia Mundial da Rádio, isto tendo em conta o papel que a mesma desempenhou no desenvolvimento das sociedades, desde o seu surgimento.

No seu entender, o surgimento das novas tecnologias desafia as mídias digitais a reflectirem sobre a redefinição das mesmas nos dias actuais.

“A rádio tem que ser reinventada, seguir os novos caminhos. Acho que é preciso muito mais que adaptar o conteúdo virado para a internet”, afirmou, considerando que esta medida faria com que os jovens, que ouvem pouco a rádio e que passam maior tempo na internet, pudessem desfrutar mais da magia da rádio.

Abordando a questão das fake news e o seu impacto no jornalismo digital, disse que o fenómeno sempre existiu e que é preciso um combate visando minimizar as consequências.

Desafiou neste sentido os jovens a quebrarem a corrente das fake news, defendendo, por outro lado, uma maior aposta na promoção da literacia digital.

“O combate começa pela aposta na literacia mediática, dar aos mais jovens a conhecer o conceito das fake news, ajuda-los a entender o fenómeno para que estes saibam quebrar a corrente. Antes de partilhar a notícia é preciso confrontar a veracidade da notícia, consultar outros órgãos para evitar que sejam vítimas deste fenómeno”, declarou.

O Dia Mundial da Rádio é comemorado a 13 de Fevereiro, em homenagem à primeira emissão de um programa da United Nations Radio (Rádio das Nações Unidas), em 1946. A transmissão do programa foi em simultâneo para um grupo de seis países.

A data foi criada e oficializada em 2011, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). O primeiro Dia Mundial da Rádio foi celebrado apenas em 2012.

CM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Sociedade
Desporto
Politica
Economia
Internacional
    • Categorias

  • Galeria de Fotos