Jorge Santos diz que existem esforços para a criação de grupos de amizade parlamentar entre Cabo Verde e Guiné Equatorial (c/áudio)

Cidade da Praia, 16 Abr (Inforpress) – O presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, anunciou hoje que se está a esforçar para a criação de grupos de amizade parlamentar entre Cabo Verde e a Guiné Equatorial.

“Terei, pessoalmente, muito empenho em fortalecer as relações tanto com o presidente do Senado quanto com o presidente da Câmara dos Deputados da Guiné Equatorial”, prometeu o chefe da casa parlamentar cabo-verdiana.

Para Jorge Santos, uma “maior relação” entre os dois parlamentos, assim como um incremento do intercâmbio entre os deputados e senadores será “importante” para o fortalecimento entre as duas “instituições democráticas”.

Na qualidade de presidente da Assembleia Parlamentar da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (AP-CPLP), Jorge Santos fez notar que esta “comunidade de povos”, além de partilhar uma história e uma língua (o português), “partilha princípios e valores e se convergem em muitos aspectos culturais”.

No dizer do presidente do Parlamento cabo-verdiano, a CPLP deve ser “transformada numa comunidade sentida pelos povos dos países que a compõem”.

“Neste aspecto, dispensamos especial atenção à mobilidade e aos transportes como o primeiro passo para incrementar o intercâmbio e o conhecimento mutuo entre os nossos agentes de desenvolvimento”, indicou, acrescentando que a meta é “chegar à livre circulação de pessoas e bens no espaço da lusofonia”.

Por sua vez, Teodoro Obiang, discursando em português, aproveitou para agradecer o convite para visitar Cabo Verde, que considera um “belo país irmão”, assim como a oportunidade que lhe foi proporcionada, com vista a “levar a cabo um diálogo de irmãos que reforça e consolida as excelentes relações de amizade e cooperação existentes” entre os dois países.

“Gostaria que o Parlamento cabo-verdiano estabelecesse relações de irmandade com o Parlamento equato-guineense”, apelou o Presidente Teodoro Obiang, acrescentando que a sua visita a Cabo Verde tem sido coroada de “grandes sucessos”, porque, prossegue, os governos dos dois países estão a trocar “experiências positivas”, pelo que espera que possa produzir “grandes benefícios” aos respectivos povos.

À tarde, a comitiva desloca-se ao Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI) e à Escola de Hotelaria e Turismo.

De acordo com o programa, nesta quarta-feira, Teodoro Obiang vai à ilha de São Vicente, onde visita o Centro Oceanográfico do Mindelo, assim como a Faculdade de Engenharia e Ciências do Mar, da Universidade de Cabo Verde.

Na cidade do Mindelo, a delegação presidencial da Guiné Equatorial será ainda presenteada com uma amostra do Carnaval Mindelo-2019.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos