Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Jorge Carlos Fonseca destaca “trabalho de qualidade” que Comunicação Social desenvolveu nas últimas legislativas

Cidade da Praia, 20 Mai (Inforpress) – O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, reconheceu hoje que a Comunicação Social cabo-verdiana desenvolveu um “trabalho de qualidade”, contribuindo de forma muito positiva e, sobretudo, isenta, para o debate democrático, isto numa referência às últimas eleições legislativas.

“Essa conjugação de esforços terá permitido aos observadores da CEDEAO – e quase soletro o seu veredicto – concluir que as eleições, cujos resultados foram de imediato aceites por todos, não só foram livres e transparentes, mas que constituíram um verdadeiro modelo a ser estudado e replicado em outros países africanos”, afirmou o Chefe de Estado.

Jorge Carlos Fonseca fez essas considerações no acto de investidura dos novos membros do VIII Governo Constitucional da II República, que tem mais oito membros em relação à legislatura anterior, dos quais cinco mulheres, uma a mais em relação à IX Legislatura.

“Necessitamos continuar nessa senda, especialmente quando ventos populistas em voga em muitas paragens têm procurado, entre nós, seduzir, jovens com alguma responsabilidade”, sublinhou Jorge Carlos Fonseca, que aproveitou o ensejo para manifestar o seu “respeito e reconhecimento” ao Partido Popular, ao Partido Social Democrata, ao Partido do Trabalho e da Solidariedade, à União Cabo-verdiana Independente e Democrática, ao Partido Africano da Independência de Cabo Verde e ao Movimento para a Democracia pela “importante contribuição” prestada à democracia cabo-verdiana durante o último pleito eleitoral.

Por outro lado, enalteceu o “trabalho ingente” desenvolvido pelas instâncias da administração eleitoral, nomeadamente a Comissão Nacional de Eleições e a Direcção-Geral de Apoio ao Processo Eleitoral que tiveram, no país e na diáspora, intervenção “muito meritória, sobretudo tendo em consideração um contexto de pandemia”.

LC/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos