Jogos das Ilhas: Ministro pede à comitiva nacional que represente o país respeitando os valores da cabo-verdianidade

Cidade da Praia, 17 Mai (Inforpress) – O ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, recebeu e pediu hoje à comitiva nacional que vai participar nos Jogos das Ilhas, em Bastia, França, que represente o país respeitando os valores da cabo-verdianidade.

“A mensagem é para que representem o nosso país respeitando a nossa história, respeitando, acima de tudo, aqueles que são os valores da cabo-verdianidade”, disse Fernando Elísio Freire, pedindo ainda que os atletas joguem cumprindo as regras, com honestidade, trabalhem muito, saber respeitar os adversários e defender Cabo Verde com toda a dignidade.

Quanto ao talento, o governante afirmou em declarações à Inforpress e à Rádio de Cabo Verde que os atletas nacionais têm o suficiente para competirem a alto nível.

“Esperamos que tudo corra bem. Mas o mais importante é que o nome do nosso país fique registado na competição, acima de tudo, pelo nosso comportamento e pela forma como lidamos com o desporto”, acrescentou.

O ministro de Estado, dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros e ministro do Desporto manifestou-se “muito orgulhoso” com aquilo que os atletas nacionais têm feito neste momento em Cabo verde, desde a formação até os seniores, nas várias modalidades.

Isto tudo demostra, assim como defendeu o governante, que os cabo-verdianos já estão a ver para o desporto de uma outra forma, não apenas como a última actividade que se deve fazer no dia.

“Não é apenas só lazer, o desporto é, acima de tudo, valores, é cidadania, é competição e também um ativo económico”, defendeu Fernando Elísio Freire, frisando ainda que a juventude já está a sentir o desporto dessa forma, facto que considera ser “muito importante”.

“Esperamos que Cabo Verde possa crescer cada vez mais através do desporto”, finalizou o titular da pasta do Desporto.

Por seu turno, o treinador principal da modalidade de atletismo declarou que o nível de Cabo Verde “está bem alto” e que os atletas estão bem motivados por conta dos treinos, preparação e as competições nas quais têm participado.

“Isto faz com que tenham um pouco de mais força, mais ânimo para competir. Esperamos que, com o nível que temos agora no atletismo, consigamos fazer melhor do que aquilo que fizemos em 2017, em Martinica”, pontuou.

A selecção cabo-verdiana que irá participar na 23ª edição dos Jogos das Ilhas, “Bastia 2019”, ultima os preparativos na Cidade da Praia, devendo seguir viagem para França, na próxima segunda-feira.

Além de Cabo Verde, prevê-se a presença de representações das Baleares, Corfu, Córsega, Guiana, Elba, Jersey, Açores, Madeira, Malta, Guadalupe, Sardenha e Sicília.

Os Jogos das Ilhas apresentam como objectivo principal a criação de um espírito de cidadania europeia, no contexto do ideal olímpico, que permita passar à juventude, através do Desporto, uma mensagem desportiva fundamentada no “fair play” e no respeito pelos outros e, também, de possibilitar o encontro entre jovens de origens diferentes, mas que têm como denominador comum a insularidade.

Os Jogos realizam-se de acordo com as regras internacionais, no geral, e destinam-se a jovens cuja situação desportiva tenha enquadramento das respectivas federações desportivas nacionais.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos