Joaquim Chissano vai presidir ao Comité Consultivo do Instituto China-África

Maputo, 12 abr (Inforpress) – O antigo Presidente moçambicano Joaquim Chissano vai presidir ao Comité Consultivo Internacional do Instituto China-África, uma entidade criada esta semana pelo Governo chinês para aconselhamento em questões de cooperação com o continente africano, notícia hoje a imprensa.

O diário moçambicano O País refere que o comité é constituído por antigos dirigentes políticos e académicos da China e África, que vão dar aconselhamento estratégico e mostrar caminhos ao Instituto China-África.

Falando na apresentação do comité, o Presidente chinês, Xi Jinping, disse que o órgão vai permitir a utilização de capacidades das comunidades académicas da China e África, aprofundar o conhecimento mútuo entre os povos africanos e chinês e apresentar ideias e recomendações para a cooperação bilateral.

Durante a sua estada na China, Joaquim Chissano visitou a sede da China Railway International Group (CRIG), empresa chinesa interessada em projetos ferro-portuários no sul de Moçambique.

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos