Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Japão intensifica vigilância após lançamento de mísseis norte-coreanos

Tóquio, 28 Set (Inforpress) – O Japão está a intensificar a vigilância sobre a Coreia do Norte, disse hoje o primeiro-ministro nipónico, horas após o lançamento de um míssil de curto para o mar do Japão.

Os militares sul-coreanos confirmaram o lançamento às 06:40 (21:40 de segunda-feira em Lisboa) de um míssil de curto alcance disparado da província interior de Chagang.

De acordo com Tóquio, poderia ter sido um míssil balístico, o que violaria as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) impostas ao regime de Pyongyang, proibido de realizar tais testes e que tem sido repetidamente sancionado pelos seus programas de mísseis e nucleares.

O lançamento de hoje ocorre pouco depois de o regime testar dois mísseis balísticos de curto alcance a 15 de Setembro e um míssil de cruzeiro dias antes, numa recente série de testes.

“Estamos a intensificar a nossa vigilância e a analisar a situação”, disse o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga.

Pouco depois do teste de armas de hoje, o embaixador da Coreia do Norte nas Nações Unidas, Kim Song, num discurso perante a Assembleia Geral da ONU defendeu o direito de Pyongyang a desenvolver e testar armamento avançado para salvaguardar a sua segurança face à constante “ameaça” colocada pela Coreia do Sul e pelos Estados Unidos.

“A possível eclosão de uma nova guerra na península coreana foi travada não por causa dos EUA. É porque o nosso Estado está a desenvolver forças dissuasoras fiáveis que podem controlar as forças hostis nas suas tentativas de invasão militar”, argumentou o diplomata norte-coreano.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos