Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ISCJS promove debate sobre paridade e governação para dilatar conhecimento dos seus licenciados

Cidade da Praia, 17 Jun (Inforpress) – O Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais (ISCJS) promoveu hoje na Cidade da Praia uma palestra sobre as “Eleições, Paridade e Governação em Tempos de Pandemia”, como forma de promoção e difusão do conhecimento.

“O objectivo é natural das universidades na senda do que tem sido as linhas mestras e os princípios que orientam o Instituto, onde um dos pilares mais importantes é o da reflexão, debates e da promoção de conhecimentos sobre a realidade actual, e sempre com forte incidência no contexto cabo-verdiano”, disse à Inforpress o coordenador da Licenciatura em Ciência Política e Administração Pública, do ISCJS, Leão de Pina.

O coordenador entende que o debate se insere na licenciatura em Ciência Política e Administração Pública, assim como nas outras áreas do instituto que lidam com a governação, e é de opinião que reflectir sobre os temas em pauta significa aumentar o conhecimento sobre as assinaturas na área da governação política e da administração pública.

“Deste modo quisemos promover um debate sobre dois temas muito interligados, mas pendentes da realidade nacional e da global. Estaremos a debater a paridade, a maior participação das mulheres na política, os seus efeitos e ilações aspiradas a partir da experiência com a lei”, explicou Leão de Pina.

No debate, sublinhou aquele coordenador, está também a política orçamental em tempos de crise.

Conforme Leão de Pina, com esta palestra o ISCJS quer retomar os debates e conversas que tem vindo a organizar ao longo dos anos.

A palestra proferida está tarde no ISCJS foi dividida em dois painéis, sendo que no primeiro painel se debateu a comunicação “Governação em Tempos de Crise: de 2007 à pandemia da Covid-19”, e no segundo “Paridade e Participação Política das Mulheres em Cabo Verde”.

PC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos