Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Inundações em Moçambique matam 15 pessoas e afectam mais de cem mil – ONU

Nairobi, 13 Mar (Inforpress) – Pelo menos 15 pessoas morreram e mais de 103.000 foram afectadas por uma tempestade tropical no centro de moçambique causada pelo ciclone Idai, anunciou hoje o Escritório das Nações Unidas para os Assuntos Humanitários (OCHA).

Além dos mortos, a OCHA registou 103.169 afectados, dos quais 17.095 são deslocados.

As inundações têm afetado três províncias: Zambézia (48.000 afetados), Tete (51.200 afetados) e Niassa (3.900 afectados), registando-se a destruição de cerca de 12.500 casas, bem como prejuízos em estradas, pontes e outras infraestruturas.

Este balanço representa um aumento face aos dados avançados na segunda-feira, quando a OCHA anunciou ter registado 10 mortes e 63.000 afectados, incluindo mais de 10.500 deslocados, devido às inundações causadas por chuva forte em Moçambique.

No vizinho Malauí, a OCHA registou a morte de 45 pessoas e ferimentos em 577 e afirma que perto de 739.800 pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas dos últimos dias.

Na terça-feira, o Conselho de Ministros de Moçambique decretou alerta vermelho para preparar o país para enfrentar o ciclone tropical Idai, que deve atingir o país na próxima quinta-feira.

Moçambique é ciclicamente afetado por calamidades naturais, com o sul a registar seca e o centro e norte cheias.

Lusa/Inforpress

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos