Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Instituto Nacional de Estatística capacita supervisores do Recenseamento Geral da População e Habitação (c/áudio)

Cidade da Praia, 27 Abr (Inforpress) – Um grupo de 110 supervisores iniciou hoje uma formação, na Cidade da Praia, no quadro da preparação do V Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH-2021) previsto para  começar a partir de Junho próximo.

Os formandos vieram de todo o País e vão ser capacitados até ao dia 13 de Abril e, segundo uma fonte do Instituto Nacional de Estatística (INE),  a formação visa dotá-los de instrumentos, em ordem a cumprirem da “melhor forma as suas tarefas durante de formação dos agentes recenseadores e controladores, assim como durante a recolha de dados.

Em declarações à imprensa, o presidente do conselho de administração (PCA) do INE, Osvaldo Borges, disse que esses formandos vão replicar esta formação nos respectivos concelhos.

“Vamos dotar estes formandos de conhecimentos para que possam transmitir esta formação com maior grau de certeza e de consistência”, indicou o PCA do INE.

Para o arranque do inquérito relativo ao referido censo, Osvaldo Borges garante que toda a logística já está preparada e que se levou em conta a situação da pandemia de covid-19 no País.

“Neste momento, temos todas as condições preparadas para que as formações ocorram  com maior normalidade, respeitando as directrizes das autoridades nacionais da saúde”, revelou aquele responsável.

Em termos de tecnologias a serem utilizadas durante o recenseamento,  Osvaldo Borges adiantou que os inquiridores vão ter à sua disposição ‘tablets’ da última geração, um dispositivo móvel  que irá fazer a recolha das informações e respectiva transmissão directamente para o servidor do INE.

“Neste processo, estamos a trabalhar com uma equipa brasileira e com uma assistência técnica internacional que tem feito um trabalho muito importante”, destacou Osvaldo Borges, acrescentando que desde o ano passado os equipamento estão ser testados, pelo que, afirmou, neste momento, as condições estão criadas para que o recenseamento decorra com “normalidade”.

As equipas recenseadoras vão estar no terreno na noite de 15 para 16 de Junho.

A sessão  de abertura esteve a cargo do secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, e contou com a presença da embaixadora de Espanha em Cabo Verde, Maria Dolores Rios Peset, e do encarregado de Negócios da embaixada de Luxemburgo, Thomas Barbancey.

O último censo foi realizado em 2010.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos