Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Instituições membros da FISAAE querem melhorar funcionamento da organização

Cidade da Praia, 06 Fev (Inforpress) – As instituições membros do Fórum das Inspecções Económicas e de Segurança Alimentar dos Países de Língua Oficial Portuguesa (FISAAE) querem melhorar o funcionamento da organização, e um melhor planeamento das acções concertadas.

De acordo com uma nota enviada à Inforpress pela ERIS, a recomendação saiu da sexta reunião da FISAEE, que decorreu em formato digital, cujo tema foi “Experiências durante o período pandémico: medidas sanitárias, acções inspectivas, desafios e oportunidades”.

Conforme avança o documento, as instituições querem também a criação de uma rede de troca de informações e alerta rápido para a prevenção de riscos emergentes nos países que integram a CPLP.

De acordo com o programa, as instituições membros e convidados apresentaram o balanço da sua intervenção, realçando os principais desafios e oportunidades identificados no quadro das acções inspectivas durante o período de pandemia.

“O factor comum, a covid-19, condicionou a acção das instituições, tanto por razões de segurança sanitária, de combate à doença, quanto pela necessidade de sensibilizar operadores para o cumprimento dos requisitos técnicos implementados em carácter de urgência, e ainda, pela necessidade de orientar os consumidores, fazendo face à desinformação”, pode-se ler no documento.

A VI reunião do FISAAE teve o objectivo de promover a aproximação entre as instituições e países membros

do FISAAE, reforçando as afinidades e a cooperação entre as autoridades de inspecção alimentar e económica e os  integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O evento contou com as intervenções dos representantes de entidades da área da inspecção de Angola (ANIESA), Brasil (ANVISA e INMETRO), Cabo Verde (ERIS e IGAE), Guiné-Bissau (IGCI), Moçambique (INAE), Portugal (ASAE), São Tomé e Príncipe (DRCAE) e de Timor Leste (AIFAESA), entre outros convidados.

HR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos