Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

INSP promove formação para “sensibilizar” as pessoas sobre a lavagem das mãos (c/áudio)

Cidade da Praia, 15 Set (Inforpress) – O Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) promoveu hoje uma acção de formação para assinalar o Dia Mundial da Lavagem das Mãos e “sensibilizar” as pessoas sobre este acto que pode evitar a contracção de certas doenças.

Anualmente, Cabo Verde comemora esta efeméride, hoje assinalada, mas este ano, segundo a responsável de comunicação do Departamento de Promoção de Saúde, do INSP, Argentina Tomar Fortes, esta data assume uma “importância”, tendo em conta a situação pandémica pela qual está a atravessar o País.

Conforme explicou, em declarações à Inforpress, com esta formação pretende-se despertar nas pessoas a importância da lavagem das mãos, enquanto uma das principais medidas preventivas contra o coronavírus.

Durante a formação, que decorre através da plataforma digital e, também, presencial, vão ser transmitidas as formas correctas de lavagem das mãos e quais são as momentos chaves, bem como a forma como se pode prevenir contra a covid-19.

Este ano, informou Argentina Fortes, a formação foi direccionada para cuidadores de pessoas com necessidade especiais que laboram a nível das ONG, e câmaras municipais.

“Estes formandos vão repassar as mensagens a nível das suas comunidades”, indicou aquela responsável.

O Dia Mundial da Lavagem das Mãos surgiu em 2008, no Ano Internacional do Saneamento, como meio de combater a mortalidade infantil, já que o pequeno gesto de lavar as mãos com sabão reduz a taxa de mortalidade nesta faixa etária, derivada de diarreias e de infecções respiratórias que matam anualmente mais de 3,5 milhões de crianças com menos de 5 anos.

A lavagem das mãos, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) é uma vacina contra as doenças aplicada pela própria pessoa e pode reduzir em até 41% as mortes de recém-nascidos.

A correta lavagem das mãos é feita com sabão e engloba as palmas e os dorsos das mãos, os pulsos, entre os dedos e por baixo das unhas, devendo demorar um minuto ou mais. Antes de comer e depois de ir à casa de banho são os principais momentos para se lavar as mãos.

LC/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos