INSP promove formação de técnicas de entomologia aplicada à monitorização e controlo de vectores no país

 

Cidade ad Praia, 23 Jun (Inforpress) – O Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), através do Laboratório de Entomologia Médica, promove na próxima segunda-feira, 26, um curso sobre “Técnicas de Entomologia aplicada à monitorização e controlo de vectores”.

Segundo nota de imprensa enviada à Inforpress, esta acção de formação que decorre de 26 até 01 de Julho, visa capacitar os recursos humanos dos laboratórios e habilitar os técnicos de instrumentos de trabalho sobre doenças transmitidas por vectores, consideradas hoje um problema de saúde pública a nível mundial.

“Em Cabo verde existem vários vectores entre os quais os mosquitos, nomeadamente o Anopheles e o Aedes com muita importância em saúde pública, devido ao paludismo, doença que é instável no país, e perpetua sob a forma sazonal, com epidemias ocasionais ou casos esporádicos”, cita a nota.

A mesma fonte lembra, no entanto que, pelo facto de o processo de eliminação do paludismo ter uma meta estabelecida para o ano 2020, a vertente laboratorial no controlo vetorial torna-se “cada vez mais pertinente”.

Nos últimos anos Cabo Verde registou duas epidemias transmitidas por mosquitos do género Aedes, sendo a primeira em 2009, por Dengue, e a segunda por ZIKA, entre finais de 2015 e início de 2016.

A formação será ministrada por formadores dos Instituto de Higiene e Medicina Tropical de Portugal (IHMT), e é destinada também aos docentes das universidades e pesquisadores com interesse na área de Entomologia.

PC/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos