Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

INSP alerta para os factores de risco que podem causar a hipertensão arterial

Cidade da Praia, 18 Mai (Inforpress) – O Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) alertou hoje para os cuidados que as pessoas devem ter para evitar a hipertensão arterial, doença com maior índice de óbitos em Cabo Verde.

Esta preocupação foi manifestada à imprensa, pela representante do INSP, Edna Duarte, à margem da marcha “Ano da Hipertensão Arterial e Promoção de Comportamentos Saudáveis”, que aconteceu na Cidade da Praia.

Conforme explicou, a hipertensão arterial é um dos principais factores de mortalidade no país e que apesar de ser uma patologia com uma vertente genética muito grande, existem factores de risco que podem “precipitar, manter e até exacerbar a hipertensão”.

Por isso, explicou que é preciso chamar a atenção da população para os comportamentos assertivos em relação à saúde, apontando a alimentação saudável, tanto em termos de qualidade e disciplina e o uso abusivo de bebidas alcoólicas.

Chamou também a atenção para o uso excessivo do sal, aconselhando que o produto deve ser gradualmente diminuído nos alimentos, além de outros aditivos que usamos na alimentação.

“É preciso ter atenção também à questão do sedentarismo, tabagismo e o excesso de peso”, salientou.

Edna Duarte falou ainda da importância da prevenção da doença, indicando que uma das medidas passa pela adopção dos comportamentos referidos, porque a hipertensão arterial pode ao mesmo tempo provocar outras patologias.

A marcha contou com dezenas de participantes, que iniciaram a caminhada a partir do Estádio da Várzea, com destino ao Platô, finalizado com práticas de exercícios na rua pedonal.

A iniciativa é do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), com o apoio do Ministério da Saúde e Delegacia de Saúde da Praia.

O objectivo era sensibilizar a população para esta doença e suas consequências, como forma de contribuir para a prevenção e controlo da hipertensão arterial.

HR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos